Seja Bem-Vindo ao Nosso Blog Deus Ainda Fala!!! Já Falou Com Deus Hoje? Já Ouviu a Sua Voz? Obrigado Pela Visita Volte Mais Vezes ao Nosso Blog!!! Deus o Abençoe Sempre Em Nome de Jesus e Saiba Que Uma Nova História Deus Tem Pra você e o Melhor de Deus Está Por Vir

te

Bem Vindos

Rádio Keraz Gospel

LEIA A BÍBLIA

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Paz na Divisão

“Cuidais vós que vim trazer paz à terra? Não,  vos digo, mas antes dissensão” (Lucas  12:51)

Quando  Jesus explicava a Sua missão e a  Sua mensagem, sempre alertava para as  consequências de segui-Lo. 

Lucas  registra uma das advertências dada pelo  Mestre: “Vocês pensam que vim trazer paz à terra? Não, Eu  lhes digo. Ao contrário, vim trazer divisão!” (Lucas  12:51).


No  Ocidente, o nome “cristão” passou a  ser mais uma característica da cultura. 

Países do “primeiro mundo” ficaram conhecidos como  “cristãos”, pelos orientais. 

Por isso, nos países mais ricos, ser  cristão virou o politicamente correto. 

A  espiritualidade de Jesus, bem como Sua  mensagem de  obediência a Deus, esses “detalhes” perderam  a importância,  em nossa sociedade. 

No meio do sincretismo em processo, “paz  e amor” virou moda mais por causa  dos hippies, do que de Jesus, o Cristo.

Já  antevendo tudo isso, Jesus falou com muita franqueza. Obedecer a Jesus, desde o Século I, equivale a desobedecer  a filosofia do mundo. 

Aceitar  a Jesus, portanto, é rejeitar a ética  corrupta. 

É buscar a justiça divina, antes de qualquer decisão.

Ser  cristão, dentro de um tal contexto, é  provocar divisão. 

É não participar da corrente de lama.

Daí  a pregação de Jesus: Não “vim trazer paz à terra”. 

Se  paz é a postura do “jeitinho”, da  negociação, da propina,  da “esperteza”, esta não é a paz  de Jesus. 

Entretanto, se o mundo nos traz perseguição, a paz de Cristo,  que é interna, que é presente do  Espírito, esta  paz nos é garantida. 

Ela  é a paz, na divisão. 

Meditação

Colaboração; Paulo Benites.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Leite Derramado

Um frágil e velho homem foi viver com seu filho, nora, e o seu neto de quatro anos.

As mãos do velho homem tremiam, a vista era embaralhada, e o seu passo era hesitante.

A família comia à mesa, mas as mãos trêmulas do avô ancião e sua visão falhando, tornava difícil o ato de comer.

Ervilhas rolaram da colher dele sobre o chão. Quando pegou seu copo, o leite  derramou na toalha da mesa e a bagunça irritou fortemente seu filho e nora.

— Nós temos que fazer algo sobre o vovô, disse o filho.

— Já tivemos bastante leite derramado, além de ouvi-lo comer ruidosamente e derrubar muita comida no chão.

Assim, o marido e a esposa prepararam uma mesa pequena no canto da sala. Lá o vovô comia sozinho, enquanto o resto da família desfrutava do jantar.

Desde que o avô tinha quebrado um ou dois pratos, a comida dele era servida em uma tigela de madeira.

Quando a família olhava de relance, na direção do vovô, às vezes percebiam nele uma lágrima em seu olho por estar só.

Ainda assim, as únicas palavras que o casal tinha para ele eram advertências acentuadas, quando ele derrubava um garfo ou derramava comida.

O neto de quatro anos que assistia tudo, certa noite antes da ceia, brincava no chão com sucatas de madeira.

O pai, notando que seu filho estava brincando no chão sozinho, perguntou: - O que você está fazendo?

E o menino respondeu: - Oh, eu estou fabricando uma pequena tigela para você e a mamãe comerem sua comida quando eu crescer.

Muito forte, não é mesmo?

Tudo que o homem plantar, ele mesmo colherá!
Reflexão
Colaboração; Maura.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Precisamos Uns dos Outros

Havia uma garotinha que gostava de passear pelos jardins, quando um dia vê uma borboleta espetada em um espinho.

Muito cuidadosamente ela a soltou e a borboleta começou a voar para longe. 


Mas... De repente, ela volta e lhe diz: - Por sua bondade, vou conceder-lhe seu maior desejo. 

A garotinha pensou por um momento e replicou:  - Quero ser feliz!!

A borboleta inclinou-se até ela e sussurrou algo em seu ouvido e desapareceu subitamente.

A garota crescia e ninguém na terra era mais feliz do que ela.

Sempre que alguém lhe perguntava sobre o segredo de sua felicidade, ela somente sorria e respondia: - Soltei a borboleta e ela me fez ser feliz. 

Quando ela ficou bem velha, os vizinhos temeram que o seu segredo fabuloso pudesse morrer com ela. 

Diga-nos, por favor, eles imploravam.

Diga-nos o que a fada disse. 

Agora a amável velhinha simplesmente sorriu e disse: - Ela me disse que todas as pessoas, por mais seguras que parecem ser, precisavam de mim!"

Na verdade... Todos nós precisamos uns dos outros, eu, por exemplo, preciso de você... Do seu carinho e da sua amizade.

Não se esqueça: Amizade é sempre querer a pessoa que ama ao seu lado. 

Amizade não é ocasional, interessada ou pretensiosa. 

Amizade é para ser constante e para sempre.

Quando você ajuda alguém, por mais pequeno que seja, você está liberando felicidade para sua vida.

Felicidade implica em  ajudar o próximo... Se doar.

Se você só quer receber, não se iluda, pois a tal felicidade nunca lhe baterá à porta!

Bom dia...
Meditação
Colaboração; Marta Magalhães.

Vencendo o Mundo Interior

"No  mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo" (João  16:33).
Alexandre, o Grande, conquistou o mundo diante dele, mas,  foi subjugado por suas próprias concupiscências.

Ele  morreu em estado de estupor, completamente  bêbado.

O cristão conquista suas próprias concupiscências, a fim de subjugar o mundo dentro dele.

Em  Cristo somos mais que vencedores .

De  nada adianta vencer todo o mundo ao redor e não vencer  o mundo que existe dentro de nós  mesmos.

É este último que nos abate, que nos desencoraja, que nos afasta de Deus.

E só seremos mais que vencedores se expulsarmos o  mundo em nosso interior, substituindo-o pela presença  viva e poderosa do Senhor Jesus Cristo.

Alexandre,  o Grande, na realidade, mostrava-se pequeno.

Ele  não conseguiu vencer o seu próprio ego, nem seu egoísmo,  nem sua arrogância, nem sua prepotência.

Ele era fraco. Jamais experimentou a verdadeira alegria; nunca conseguiu se impor sobre seu maior inimigo - ele  mesmo.

Ele  foi derrotado... até a bebida era mais  forte que ele.

Quando abrimos o coração para Jesus, passamos a ser fortes.

Ele nos fortalece, nos reveste de Sua armadura, nos  protege de todo o mal.

Mesmo  nas lutas mais duras e difíceis nós sabemos  que conquistaremos a vitória.

E  quando as dificuldades se apresentam, sempre ouvimos a voz do Senhor: "Tende  bom ânimo".

Sentimo-nos renovados, estimulados, fortalecidos... e, da  mesma maneira que o Senhor venceu o mundo, nós também venceremos.

Se  você sonha alcançar o sucesso em sua  vida pessoal, se quer  ser reconhecido como um grande vencedor,  lembre-se que  a maior batalha a travar será contra  você mesmo.

Vencendo essa luta, todas as demais serão bem menos difíceis.

Esvazie-se  de si mesmo e deixe Cristo dirigir  seus passos.

O maior conquistador não é aquele que  se apresenta como   "o grande" e sim aquele que  é dirigido pelo "Grande"  Senhor e Salvador.
Pare & Pense
Colaboração; Paulo Roberto.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Deus Não Erra!

Um rei que não acreditava na bondade de Deus, tinha um servo que em todas as situações lhe dizia: Meu rei, não desanime porque tudo que Deus faz é perfeito, Ele não erra!

Um dia eles saíram para caçar e uma fera atacou o rei. O seu servo conseguiu matar o animal, mas não pôde evitar que sua majestade perdesse um dedo da mão.

Furioso e sem mostrar gratidão por ter sido salvo, o nobre disse: Deus é bom? Se Ele fosse bom eu não teria sido atacado e perdido o meu dedo.

O servo apenas respondeu: Meu Rei, apesar de todas essas coisas, só posso dizer-lhe que Deus é bom; e ele sabe o porquê de todas as coisas.

O que Deus faz é perfeito. Ele nunca erra! Indignado com a resposta, o rei mandou prender o seu servo. Tempos depois, saiu para outra caçada e foi capturado por selvagens que faziam sacrifícios humanos.

Já no altar, prontos para sacrificar o nobre, os selvagens perceberam que a vítima não tinha um dos dedos e soltaram-no: ele não era perfeito para ser oferecido aos deuses.

Ao voltar para o palácio, mandou soltar o seu servo e recebeu-o muito afetuosamente. Meu caro, Deus foi realmente bom comigo! 


Escapei de ser sacrificado pelos selvagens, justamente por não ter um dedo! Mas tenho uma dúvida: Se Deus é tão bom, por que permitiu que você, que tanto o defende, fosse preso?

Meu rei, se eu tivesse ido com o senhor nessa caçada, teria sido sacrificado em seu lugar, pois não me falta dedo algum. Por isso, lembre-se: tudo o que Deus faz é perfeito.

Ele nunca erra! Muitas vezes nos queixamos da vida e das coisas aparentemente ruins que nos acontecem, esquecendo-nos que nada é por acaso e que tudo tem um propósito. Toda a manhã ofereça seu dia a Deus.

Peça para Deus inspirar os seus pensamentos, guiar os seus atos, apaziguar os seus sentimentos. E nada tema, pois DEUS NUNCA ERRA!

Sabe por que você recebeu essa mensagem? Eu não sei, mas Deus sabe, pois Ele nunca erra…

O caminho de Deus é perfeito e a sua palavra sem impureza. Ele é o caminho de todos que nele confiam como diz em 2º Samuel – 22 – 31.

Com certeza essa mensagem chegou em boa hora até você.

Deus esta colocando em seu coração o desejo de enviar essa mensagem ou indique este blog para alguém.

Faça isso não se envergonhe.
Você irá mandar para pessoa certa.
Deus sabe disso muito bem, Sabe por que?
Deus nunca erra!
Meditação
Colaboração; Nida Menina.

Observação

Não é engraçado como uma nota de R$ 10,00 parece tanto dinheiro quando levamos para a igreja e tão pouco quando vamos ao shopping?

Não é engraçado como uma hora é tão longa quando servimos a Deus, mas tão curta quando assistimos a um jogo de futebol?

Não é engraçado como duas horas na igreja parecem mais longas do que quando assistimos a um filme?

Não é engraçado como não achamos as palavras quando oramos, mas elas estão sempre na ponta da língua para conversarmos com um amigo?

Não é engraçado como ficamos entusiasmados quando um jogo vai para a prorrogação, mas reclamamos quando o sermão dura mais que o normal?

Não é engraçado acharmos cansativo ler um capítulo da Bíblia, mas é fácil ler 100 páginas do último sucesso de ficção?

Não é engraçado como queremos sempre as cadeiras da frente no teatro ou num show, mas sempre sentamos no fundo da igreja?

Não é engraçado como precisamos de duas ou três semanas de antecedência para agendar um compromisso na igreja, mas para outros programas estamos sempre disponíveis?

Não é engraçado como temos dificuldade de aprender a evangelizar, mas é tão fácil aprender a contar a ultima fofoca?

Não é engraçado como acreditamos nos jornais, mas questionamos a Bíblia?

Não é engraçado como todo mundo quer ir para o céu desde que não tenha que acreditar, dizer ou fazer nada?

Não é engraçado? 
Você está rindo? 
Você está pensando? 
Não é engraçado?
Não! É triste.
Reflexão
Colaboração; Ninda Menina.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Amor de Verdade! Amanhã Pode Ser o Ultimo Dia!!!! Portanto Viva a Vida!!!!


"O amor é como uma bolinha de mercúrio na mão.Se a palma ficar aberta, ela permanece. Tente prendê-la que a verá escapar.
HISTÓRIA DE AMOR!
A moça desta foto se chama Katie Kirkpatrick, e tem 21 anos. Ao lado dela está seu noivo Nick de 23 anos...

A foto foi tirada pouco antes da cerimônia de casamento dos dois, realizada em 11 de janeiro de 2005, nos EUA. Katie tem câncer em estado terminal e passa horas por dia recebendo medicação.

Na foto Nick aguarda o término de mais uma de suas sessões.
Apesar de sentir muita dor, de vários órgãos estavam apresentando falências e de ter que recorrer à morfina, Katie levou adiante o casamento e fez questão de cuidar de todos os detalhes. O vestido teve que ser ajustado várias vezes, pois Katie perde peso todos os dias devido ao câncer.
Um acessório inusitado na festa foi o tubo de oxigênio usado por Katie. Ele acompanhou a noiva em toda a cerimônia e na festa também. O outro casal da foto são os pais de Nick, emocionados com o casamento do filho com a mulher que ele foi namorado desde a adolescência.
Katie, sentada em uma cadeira de rodas e com o tubo de oxigênio, escutando o marido e os amigos cantando para ela.
No meio da festa, Katie pára para descansar um pouco. A dor a impede de ficar em pé por muito tempo.
Katie morreu 5 dias depois do casamento. Ver uma mulher tão debilitada vestida de noiva e com um sorriso nos lábios nos faz pensar... a felicidade sempre está ao alcance, dure enquanto dure, por isso devemos deixar de complicar nossas vidas...
A vida é curta, por isso
Trabalhe como se fosse seu primeiro dia.
Perdoe rapidamente ame verdadeiramente. 
Ria incontrolavelmente.
E nunca deixe de sorrir por mais estranho que seja o motivo.

A vida pode não ser a festa que esperamos mas enquanto estamos aqui, devemos sorrir e agradecer...
Mande a todos que conhecer ou indique este blog.
Reflexão
Colaboração; Alessandra Dias.

sábado, 15 de outubro de 2011

O Quebra-Cabeças e a Vida

Eu não montava um quebra  cabeças desde criança. É interessante como nós deixamos de fazer certas coisas quando  crescemos: Coisas que nos trouxeram tanta alegria quando criança, nós paramos de fazer  quando alcançamos uma  certa idade.  

Ganhei um quebra cabeças e, devo admitir, eu realmente  aproveitei o quebra-cabeças.

Embora muito frustrante às vezes, era um bom desafio. Cada vez que eu achava uma peça que se encaixava, era  extremamente recompensador.

Bom, e daí? Você já percebeu quantas semelhanças existem entre um quebra-cabeça e a vida?

Num quebra-cabeças, cada peça é parte muito importante no grande quadro. 

Na vida, são as pessoas e os acontecimentos as partes importantes.

Como peças de um quebra-cabeças, cada um de nós  é único, especial em seu próprio  jeito. 

Embora semelhantes, não há  dois iguais.
Ironicamente, são nossas diferenças que nos fazem "encaixar". 

Enquanto eu trabalhava no quebra-cabeça,  havia uma peça que  eu estava certo de  pertencer a um ponto  em particular. 
Mas não encaixava. 

Acabava voltando a ela tentando encaixá-la, me esquecendo  que já havia tentado. Eu tinha meu pensamento focado no fato de  que eu sentia que  a peça era daquele  espaço.

Penso em quantas vezes eu fiz a mesma coisa em minha vida. 
Tentando fazer acontecer coisas que simplesmente não  era pra ser. 

Tentava várias vezes, chegava ao ponto de forçar, mas não era pra  ser... e nada do  que eu fiz mudou  isso.

Se você já montou quebra-cabeças, sabe como é perder  tempo procurando  um pedaço específico. 

De repente parece tão óbvio... Mas eu não  conseguia achar.
Consegui foi embaralhar ainda mais as peças. Fiquei  frustrado e decidi deixar  pra lá e ficar  longe dele. 

Quando voltei mais tarde, eu achei a peça imediatamente. Estava bem na minha frente desde o começo. Minha vida foi assim muitas vezes. 

Tentava entender por que certas coisas aconteciam e do jeito que aconteciam. Procurava as respostas por todos os lados e às vezes as respostas estavam bem na minha frente. 

Era só dar uma paradinha, um pequeno passo atrás, respirar e acalmar que as  respostas me encontravam. Olhando as peças deste quebra-cabeças, eu penso nas "peças" de minha vida: minha família, meus amigos,  acontecimentos, marcos e  celebrações. 

Uma mistura de bom e ruim, alegria e lágrima, felicidade e tristeza. Penso em todas as peças que imaginei sem importância e sem propósito.

Reflito em todas as peças que em minha vida  me fizeram perguntar... “Mas por quê?"... "Por que isto?" E repentinamente percebi que por causa dessas peças, outras peças se encaixaram tão bem.

Tudo em nossa vida acontece por uma razão. Cada acontecimento, bom ou mau, como uma peça do quebra-cabeça. 

Talvez ainda não possamos entender o papel importante de cada peça em nossa vida, ainda existem muitos buracos e o quadro ainda não está claro. 

Deixe uma peça de fora e se quebra a harmonia inteira do produto final. Até lá, eu continuarei a viver com fé.

Sabendo e confiando que todas as peças que eu preciso estão ai e que é só  uma questão de tempo  até que se encaixem  bem. 

Mas sei que quando minha viagem nesta vida estiver concluída, e a peça final estiver em seu lugar, eu  entenderei. 

E serei capaz de ver o quadro completo e a beleza de cada  peça. 

Lembrarei de que há um grande quadro, um plano para  mim, e que  sou incapaz de ver  agora.

Acreditarei que cada peça em minha vida, mesmo as  dolorosas, tem propósito e cumprem papel importante. Pense nisso...                     
Reflexão 
Colaboração; Leila Del Pilno.

Você Tem Problemas?



"Tenho-vos dito estas coisas, para que em mim tenhais paz. No mundo tereis tribulações; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo" (João 16:33).


O pastor e escritor americano Norman Vincent Peale escreveu: "Só existe um grupo de pessoas que não tem problemas e elas estão todas mortas.

Os problemas são um sinal de vida. “Então, quanto mais problemas uma pessoa tem, mais viva está.” Ninguém gosta de enfrentar lutas e aflições.

Quando isso acontece, sentimo-nos abatidos, sem ânimo, frustrados e até derrotados. Mas a palavra do Senhor nos estimula: "Tende bom ânimo". O Senhor enfrentou problemas, mas em tudo foi vitorioso.

E quando nos convida a confiar que também venceremos, deixa bem claro que estará ao nosso lado e que nos ajudará a alcançar a vitória almejada. As tempestades sempre chegam em determinados momentos, mas, elas passam.

O choro pode nos incomodar durante toda uma noite, mas, o sorriso e alegria se apresentam pela manhã. Os tropeços podem nos derrubar durante a caminhada, mas, ao levantarmos, retomaremos o caminho de nossas conquistas.

Podemos nos sentir sós diante de algumas situações, mas, com certeza, o Senhor está ali, bem próximo, intercedendo por nós, esperando o momento de dizer: "Parabéns, você conseguiu!" Alguém já disse: "Não há vitórias sem lutas" e sabemos que nossa vida seria bem monótona se nada acontecesse para nos inspirar a buscar a realização de novos sonhos. São os desafios que tornam a nossa vida empolgante.

Podemos, assim, praticar a coragem e a ousadia, a fé e a determinação, a alegria de ver um obstáculo ser ultrapassado e a felicidade de ver o sol brilhar depois da tormenta. Você tem problemas? Glorifique a Deus! Viva a vida!
Pare & Pense
Colaboração; Lúcia Aparecida.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Com Meu Rosto ao Chão


É necessário que Ele cresça e que eu diminua.
Certa vez, um jovem chinês que morava nas montanhas foi para o norte guerrear por seu povo. Encontrou em seu caminho um velho sábio, que lhe perguntou: "Para onde vai meu jovem?". O jovem lhe respondeu: "vou para o norte batalhar e vencer por meu povo". O velho disse: "como sabes que vais vencer?". O jovem respondeu: "porque sou jovem, forte, rápido, saudável e me preparei durante muitos anos para esta batalha". O velho lhe disse: "você não vencerá". Retrucou o jovem: "como sabes?". Respondeu o velho: "você saberá em breve..." Você, leitor, saberá no final do artigo!

A única esperança de glória que podemos ter é Cristo vivendo em nós, um dos nossos problemas é querer fazer a obra de Deus como subterfúgio para demonstração de nossas habilidades próprias. Isso nunca vai dar certo. Deus não dá sua glória para ninguém; precisamos entender: somos escravos de orelhas furadas que entenderam que seu Senhor é bom e o servem de livre e espontânea vontade não são mais donos da direção de sua vida.
E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me. Lucas 9.23

Ir após Jesus implica em autonegação. Dizer não a nós mesmos é fruto de amadurecimento. Desde que nascemos somos ensinados a querer o controle, o lucro, a direção; queremos conquistar, alcançar, ter. Em certos aspectos temos sim que ser aguerridos determinados para vencer batalhas, derrubar gigantes... Porém, nossa essência central deve ser um espírito rendido ao espírito de Deus, à vontade do Mestre, não a nossa.

Jesus disse a respeito de João Batista, ele é o maior nascido de mulher. Quem não deseja ter um currículo desse dado pelo Rei dos reis? O grande e eterno Jesus Cristo! Porém, esse João foi o mesmo que disse: "Este é aquele que vem após mim, que é antes de mim, do qual eu não sou digno de desatar a correia da alparca" João1.27

João não disse essa linda frase para impressionar ninguém, ele disse por que realmente não era digno de desatar a sandálias de Jesus, por isso foi exaltado pelo mestre, lembra da velha e atual regra? Aquele que se humilhar será exaltado, não aquele que for humilhado sim àquele que se humilhar. João foi forjado no deserto vivendo na escassez se alimentando de gafanhotos e mel silvestre, uma admirável vida, um exemplo prático do que é honrar a Cristo. Homem que viveu verdadeiramente com seu rosto ao chão ante ao brilho inconfundível da luz de Deus.

Muitos de nós começamos com a motivação certa: querer fazer para Deus. Porém, nos perdemos quando achamos que sabemos o caminho. Afinal, nos preparamos, estudamos, vivenciamos e agora podemos fazer. Jamais poderemos fazer alguma coisa para Deus, sempre ele fará através de nós. Nossa posição deve ser diminuir sempre para que Ele cresça em nós. Enquanto não entendermos isso, não passaremos de um isqueiro sem gás, tendo quase tudo para gerar fogo, faltando, entretanto, o principal que é o combustível, o grande responsável pela combustão. Cristo é o gás, o combustível, ou seja, tudo de bom e pertinente que há em nós.

Quer saber porque o jovem chinês não venceu a batalha? ...Dias depois, o jovem chinês voltou triste seu caminho e se deparou novamente com o velho sábio e disse: "velho sábio, não venci a batalha. O velho respondeu: "realmente, meu jovem, você foi para o norte, porém a batalha era no sul, você tinha tudo, porém foi para o lugar errado".

Muitos de nós somos como o jovem chinês, temos tudo, no entanto caminhamos para direção errada. Se não entregarmos a direção de nossa vida a Deus, corremos o sério risco de não chegar a lugar nenhum. Somente Ele, o grande Eu Sou, pode nos conduzir na direção correta, realizando em nós e através de nós admiráveis obras como fez na vida de João Batista.

Não se esqueça! Nossa posição deve ser sempre dizer: importa que Ele cresça e eu diminua.

Meditação
Colaboração; Lucia Aparecida.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Vamos Fazer Um Exercício?

Veja abaixo alguns exercícios neuróbicos.
O importante não é acertar, mas estimular nossos neurônios e distanciar-nos daquele alemão (Alzheimer). Façam bom proveito!

Consegues ver o casal a beijar-se?

Consegue ver 10 caras nesta foto? 


Há um rosto nesta foto, consegues vê-lo? 
Consegues ver o bebê? 
Consegues ver 3 mulheres? 
Consegues ver a diferença entre um cavalo e um sapo?
Olha bem... isso depois de girar...

    

Muito bacana! Conseguiu ver tudo??...!!! Você está em ótima forma...
Se puder, repasse ou indique este blog.
Pare & Pense
Colaboração; Jocezario Silva. 

Google+ Badge

RADIO AGRADECER


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...