Seja Bem-Vindo ao Nosso Blog Deus Ainda Fala!!! Já Falou Com Deus Hoje? Já Ouviu a Sua Voz? Obrigado Pela Visita Volte Mais Vezes ao Nosso Blog!!! Deus o Abençoe Sempre Em Nome de Jesus e Saiba Que Uma Nova História Deus Tem Pra você e o Melhor de Deus Está Por Vir

te

Bem Vindos

LEIA A BÍBLIA

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

O Tempo de Deus


Um excelente nadador tinha o costume de correr até a água e de molhar somente o dedão do pé antes de qualquer mergulho.

Uma pessoa intrigada com aquele comportamento perguntou-lhe qual a razão daquele hábito. O nadador sorriu, e respondeu: - Há alguns anos eu era um professor de natação que ensinava a nadar e a saltar do trampolim.

Certa noite, eu não conseguia dormir, e fui até a piscina para nadar um pouco. 

Não acendi a luz, pois a lua brilhava através do teto de vidro do clube. 

Quando eu estava no trampolim, vi minha sombra na parede da frente. 

Com os braços abertos, minha imagem formava uma magnífica cruz. 

Em vez de saltar, fiquei ali parado, contemplando minha imagem. 

Nesse momento pensei na cruz de Jesus Cristo e em seu significado. 

Eu não era um cristão, mas quando criança aprendi que Jesus tinha morrido na cruz para nos salvar pelo seu precioso sangue. 

Naquele momento, as palavras daquele ensinamento me vieram à mente e me fizeram recordar do que eu havia aprendido sobre a morte de Jesus. 

Não sei quanto tempo fiquei ali parado com os braços estendidos.

E continuou relatando: - Finalmente, desci do trampolim e fui até a escada para mergulhar na água. 

Desci a escada e meus pés tocaram o piso duro e liso do fundo da piscina. 

Haviam esvaziado a piscina e eu não tinha percebido. 
Tremi todo, e senti um calafrio na espinha. 

Se eu tivesse saltado seria meu último salto. 

Naquela noite a imagem da cruz na parede salvou a minha vida. 

Fiquei tão agradecido a Deus, que ajoelhei na beira da piscina, confessei os meus pecados e me entreguei a Ele, consciente de que foi exatamente em uma cruz que Jesus morreu para me salvar. 

Naquela noite, fui salvo duas vezes e, para nunca mais me esquecer, sempre que vou até piscina molho o dedão do pé antes de saltar na água...

Deus tem um plano na vida de cada um de nós e não adianta querermos apressar ou retardar os acontecimentos, pois tudo acontecerá no seu devido tempo, e esse tempo é o "Tempo de Deus", e não o nosso!
Autor Desconhecido.
Pare e Pense.
Colaboração; Lúcia Gomes.

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Sim Não


Certo dia, a pedra disse: "Eu sou forte!"

Ouvindo isso, o ferro disse:"Eu sou mais forte que  você! Quer ver?"

Então, os dois duelaram até  que a pedra se tornasse pó.

O ferro, por sua vez, disse: "Eu sou forte!"

Ouvindo isso, o fogo disse:"Eu sou mais forte que  você! Quer ver?"

Então os dois duelaram até  que o ferro se derretesse.

O fogo, por sua vez, disse: "Eu sou forte!"

Ouvindo isso, a água disse: "Eu sou mais forte que  você! Quer ver?"

Então, os dois duelaram até  que o fogo se apagasse.

A água, por sua vez, disse: "Eu sou forte!"

Ouvindo isso, a nuvem disse: "Eu sou mais forte que  você! Quer ver?"

Então, as duas duelaram até  que a nuvem fez a água evaporar.

A nuvem, por sua vez, disse:"Eu sou forte!"

Ouvindo isso, o vento disse: "Eu sou mais forte que  você! Quer ver?"

Então os dois duelaram até  que o vento soprasse a nuvem e ela  se desfizesse.

O vento, por sua vez, disse: “Eu sou forte!"

Ouvindo isso, os montes disseram: "Nós somos mais fortes que  você! Quer ver?"

Então, os dois duelaram até  que o vento ficasse preso dentre o  círculo de montes.

Os montes, por sua vez, disseram: "Nós somos fortes!"

Ouvindo isso, o homem disse: "Eu sou mais forte que  vocês! Querem ver?"

Então, o homem, dotado de  grande inteligência, perfurou os montes, impedindo  que eles prendessem o vento. 

Acabando com o poder dos  montes, o homem disse: "Eu sou a criatura mais  forte que existe!"

Até que veio a morte, e  o homem que achava ser inteligente e  forte suficiente, com um golpe apenas,  acabou-se.

A morte ainda comemorava, quando,  sem que ela esperasse, veio um HOMEM e, com apenas três dias de falecido, ressuscitou, vencendo a morte e todo poder foi Lhe dado no céu, na terra e debaixo da terra.

Vencendo a morte, ELE nos  deu o direito a Vida Eterna, através  do seu sangue, que liberta do pecado,  cura as enfermidades e salva a alma  do tormento eterno.

Esse homem é JESUS, o Filho de DEUS.

Se você conhece algo ou  alguém que possa ser mais poderoso que  ELE, ignore esta mensagem, se não, envie esta mensagem ou indique este blog para todos que você conhece.

"Eu sou a ressurreição  e a vida. Aquele que crê em mim,  ainda que esteja morto, viverá.

E todo aquele que vive e  crê em mim, jamais morrerá.” (João 11:25-26)

A graça e a paz de  meu Senhor e Salvador Jesus Cristo, seja  sobre todas as áreas de sua vida, hoje e sempre, amém!!!
Pare e Pense.
Colaboração; Leila Del Pino. 

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Meu Deus

Meu Deus;

Ajuda-me a dizer a palavra  da verdade na cara dos fortes, e a não mentir para obter  o aplauso dos débeis.

Meu Deus…

Se me dás dinheiro, não  tomes a minha felicidade, e se me dás forças, não tires  o meu raciocínio.

Se me dás êxito, não me tires a humildade se me dás humildade, não tires a minha dignidade. 

Ajuda-me a conhecer a outra  face da realidade, e não me deixes acusar os  meus adversários, apodando-os de traidores,  porque não partilham o meu critério. 

Ensina-me a amar os outros  como me amo a mim mesmo, e a julgar-me como o faço  com os outros. 

Não me deixes embriagar com o êxito, quando o consigo, nem a desesperar, se fracasso. 

Sobretudo, faz-me sempre recordar que o fracasso é a prova que antecede o êxito.

Ensina-me que a tolerância é o mais alto grau da força e que o desejo de vingança é a primeira manifestação da debilidade.

Se me despojas do dinheiro,  deixa-me a esperança, e se me despojas do êxito, deixa-me a força de vontade para poder vencer o fracasso.

Se me despojas do dom da  saúde deixa-me a graça da fé. 

Se causo dano a alguém, dá-me a força da desculpa, e se alguém me causa dano, dá-me a força do perdão e da clemência. 

Meu Deus... 

Tu não Te  esqueças de  mim!

Ámen se me esquecer de Ti.
Pare e Pense. 
Colaboração; Elza Machado.

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Só R$ 25,00


Um homem chegou em casa tarde do trabalho, cansado e irritado encontrou o seu filho de 5 anos esperando por  ele na porta . 

- "Pai, posso fazer-lhe uma pergunta?" 
  
- "O que é?" - respondeu o homem. 

- "Pai, quanto você ganha em uma hora?" 
  
- "Isso não é da sua conta. 

Porque você esta perguntando uma coisa dessas?", o homem disse agressivo. 

- "Eu só quero saber . 

Por favor me diga, quanto você ganha em uma hora?" 
  
- "Se você quer saber, eu ganho R$ 50 por hora." 

- "Ah..." o menino respondeu, com sua cabeça para baixo. 
  
- "Pai, pode me emprestar R$ 25,00?" 

O pai estava furioso, "Essa é a única razão pela qual você me perguntou isso? 

Pensa que é assim que você pode conseguir algum dinheiro para comprar um brinquedo ou algum outro disparate? 

Vá direto para o seu quarto e vá para a cama. Pense sobre o quanto você está sendo egoísta", "Eu não trabalho duramente todos os dias para tais infantilidades." 
  
O menino foi calado para o seu quarto e fechou a porta. 
  
O homem sentou e começou a ficar ainda mais nervoso sobre as questões do menino. 
  
- Como ele ousa fazer essas perguntas só para ganhar algum dinheiro? 
  
Após cerca de uma hora, o homem tinha se acalmado e começou a pensar. 

Talvez houvesse algo que ele realmente precisava comprar com esses R$ 25,00 e ele realmente não pedia dinheiro com muita freqüência. 

O homem foi para a porta do quarto do menino e abriu a porta. 
  
- "Você está dormindo, meu filho?", Ele perguntou. 

- "Não pai, estou acordado", respondeu o garoto. 

- "Eu estive pensando, talvez eu tenha sido muito duro com você a pouco?", afirmou o homem. "Tive um longo dia e acabei descarregando em você. Aqui estão os R$ 25 que você me pediu." 

O menino se levantou sorrindo. "Oh, obrigado pai!" gritou.

Então, chegando em seu travesseiro ele puxou alguns trocados amassados. 
  
O homem viu que o menino já tinha algum dinheiro, e começou a se enfurecer novamente.

O menino lentamente contou o seu dinheiro , em seguida olhou para seu pai. 
  
- "Por que você quer mais dinheiro se você já tinha?" - Gruniu o pai. 

- "Porque eu não tinha o suficiente, mas agora eu tenho", respondeu o menino. 
  
- "Papai, eu tenho R$ 50 agora. Posso comprar uma hora do seu tempo? 

Por favor, chegue em casa mais cedo amanhã. Eu gostaria de jantar com você." 

O pai foi destroçado...

Ele colocou seus braços em torno de seu filho, e pediu o seu perdão. 
  
É apenas uma pequena lembrança a todos nós que trabalhamos arduamente na vida. 

Não devemos deixar escorregar através dos nossos dedos o tempo sem ter passado algum desse tempo com aqueles que realmente importam para nós, os que estão perto de nossos corações. 

Não se esqueça de compartilhar esses R$ 50 no valor do seu tempo com alguém que você ama. 
  
Se morrermos amanhã, a empresa para a qual estamos trabalhando, poderá facilmente substituir-nos em uma questão de horas.

Mas a família e amigos que deixamos para trás irão sentir essa perda para o resto de suas vidas. 
  
Se tiver um tempo, envie para alguém que você gosta!
Pare e Pense.
Colaboração; Lucia Aparecida.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

O Valor dos Pais

Um jovem de nível acadêmico excelente, candidatou-se à posição de gerente de uma grande empresa.

Passou a primeira entrevista e o diretor fez a última, tomando a última decisão.

O diretor descobriu, através do currículo, que as suas realizações acadêmicas eram excelentes em todo o percurso, desde o secundário até à pesquisa da pós-graduação e não havia um ano em que não tivesse pontuado com nota máxima.

O diretor perguntou, "Tiveste alguma bolsa na escola?"

O jovem respondeu, "nenhuma".

O diretor perguntou, "Foi seu pai quem pagou as suas mensalidades ?" o jovem respondeu, "O meu pai faleceu quando eu tinha apenas um ano, foi a minha mãe quem pagou as minhas mensalidades."

O diretor perguntou, "Onde trabalha a sua mãe?" - e o jovem respondeu: "A minha mãe lava roupa."

O diretor pediu que o jovem lhe mostrasse as suas mãos. O jovem mostrou um par de mãos macias e perfeitas.

O diretor perguntou, "Alguma vez ajudou sua mãe lavar as roupas?" - o jovem respondeu: "Nunca, a minha mãe sempre quis que eu estudasse e lesse mais livros. 

Além disso, a minha mãe lava a roupa mais depressa do que eu."

O diretor disse, "Eu tenho um pedido. Hoje, quando voltar, vá e limpe as mãos da sua mãe e depois venha ver-me amanhã de manhã."

O jovem sentiu que a hipótese de obter o emprego era alta. Quando chegou em casa, pediu, feliz, à mãe que o deixasse limpar as suas mãos. 

A mãe achou estranho, estava feliz, mas com um misto de sentimentos e mostrou as suas mãos ao filho.

O jovem limpou lentamente as mãos da mãe. Uma lágrima escorreu-lhe enquanto o fazia. Era a primeira vez que reparava que as mãos da mãe estavam muito enrugadas e havia demasiadas contusões nas suas mãos.

Algumas eram tão dolorosas que a mãe se queixava quando limpava com água.

Esta era a primeira vez que o jovem percebia que este par de mãos que lavavam roupa todo o dia tinham-lhe pago as mensalidades. 

As contusões nas mãos da mãe eram o preço a pagar pela sua graduação, excelência acadêmica e o seu futuro.

Após acabar de limpar as mãos da mãe, o jovem silenciosamente lavou as restantes roupas pela sua mãe.

Nessa noite, mãe e filho falaram por um longo tempo.

Na manhã seguinte, o jovem foi ao gabinete do diretor.

O diretor percebeu as lágrimas nos olhos do jovem e perguntou, "Diz-me, o que fez e que aprendeu ontem em sua casa?"

O jovem respondeu, "Eu limpei as mãos da minha mãe e ainda acabei de lavar as roupas que sobraram."

O diretor pediu, "Por favor, diz-me o que sentiu."

O jovem disse "Primeiro, agora sei o que é dar valor. Sem a minha mãe, não haveria um eu com sucesso hoje. Segundo, ao trabalhar e ajudar a minha mãe, só agora percebi a dificuldade e dureza que é ter algo pronto. Em terceiro, agora aprecio a importância e valor de uma relação familiar."

O diretor disse, "Isto é o que eu procuro para um gerente. Eu quero recrutar alguém que saiba apreciar a ajuda dos outros, uma pessoa que conheça o sofrimento dos outros para terem as coisas feitas e uma pessoa que não coloque o dinheiro como o seu único objetivo na vida. Está contratado."

Mais tarde, este jovem trabalhou arduamente e recebeu o respeito dos seus subordinados. Todos os empregados trabalhavam diligentemente e como equipe. O desempenho da empresa melhorou tremendamente.

Uma criança que foi protegida e teve habitualmente tudo o que quis se desenvolverá mentalmente e sempre se colocará em primeiro. Ignorará os esforços dos seus pais e quando começar a trabalhar, assumirá que todas as pessoas o devem ouvir e quando se tornar gerente, nunca saberá o sofrimento dos seus empregados e sempre culpará os outros. Para este tipo de pessoas, que podem ser boas academicamente, podem ser bem sucedidas por um tempo, mas eventualmente não sentirão a sensação de objetivo atingido. Irão resmungar, estar cheios de ódio e lutar por mais. 

Se somos esse tipo de pais, estamos realmente a mostrar amor ou estamos a destruir o nosso filho?

Pode-se deixar seu filho viver numa grande casa, comer boas refeições, aprender piano e ver televisão num grande TV em plasma. Mas quando cortar a grama, por favor, deixe-o experienciar isso. Depois da refeição, deixe-o lavar o seu prato juntamente com os seus irmãos e irmãs. Deixe-o guardar seus brinquedos e arrumar sua própria cama. Isto não é porque não tem dinheiro para contratar uma empregada, mas porque o quer é amar e ensinar como deve de ser. Quer que ele entenda que não interessa o quão ricos os seus pais são, pois um dia ele irá envelhecer, tal como a mãe daquele jovem. A coisa mais importante que os seus filhos devem entender é a apreciar o esforço e experiência da dificuldade e aprendizagem da habilidade de trabalhar com os outros para fazer as coisas.

Quais são as pessoas que ficaram com mãos enrugadas por mim?

O valor de nossos pais ...

Um dos mais bonitos textos sobre educação familiar que já li. Leitura obrigatória para nós pais e, principalmente, para os filhos.
Reflexão.
Colaboração; Gilson Rios.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Viver sem Esposa!!!



O marido e a mulher não se falavam há uns três dias.

Entretanto, o homem se lembrou que no dia seguinte teria uma reunião  muito cedo no escritório.

Como precisava levantar cedo, resolveu pedir à mulher para acordá-lo. 

Mas para não dar o braço a torcer, escreveu num papel: 'Me acorde às 6 horas da manhã'.

No outro dia, ele levantou e quando olhou no relógio eram 9h30. 

O  homem teve um ataque e pensou: - Que meeeerdaaa! 

Mas que absurdo! Que falta de consideração, ela  não me acordou... 

Nisto, olhou para a mesa de cabeceira e reparou um papel no qual  estava escrito: - ...São seis horas, levanta!!! 

Moral da História:

Não fique sem conversar com as mulheres, elas  ganham sempre, estão certas sempre e são simplesmente geniais na  vingança!!!!!! 

O casamento é a relação entre duas pessoas, onde uma pessoa está sempre certa e a outra, é o marido! 

Meu nome é MULHER! 

Eu era a Eva 

Criada para a felicidade de Adão.

Mais tarde fui Maria.

Dando à luz aquele que traria a salvação

Mas isso não bastaria para eu encontrar perdão.

Passei a ser Amélia a mulher de verdade para a sociedade não tinha a menor vaidade, mas sonhava com a igualdade.

Muito tempo depois decidi: Não dá mais!

Quero minha dignidade, tenho meus ideais!

Hoje não sou só esposa ou filha.

Sou pai, mãe, arrimo de família.

Sou caminhoneira, taxista, piloto de avião, policial feminina.

Operária em construção...

Ao mundo peço licença para atuar onde quiser.

Meu sobrenome é COMPETÊNCIA.

E meu nome é MULHER..!!!! 
(Enviar ou indique este blog a todas as MULHERES MARAVILHOSAS e só aos homens inteligentes... )

Pare e Pense.
Colaboração; Glória Oliveira.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Flores


Uma noite, um velho índio falou ao seu neto sobre o combate que acontece dentro das pessoas.

Ele disse: - Há uma batalha entre dois lobos que vivem dentro de todos nós.

Um é Mau - É a raiva, inveja, ciúme, tristeza, desgosto, cobiça, arrogância, pena de si mesmo, culpa, ressentimento, inferioridade, orgulho falso, superioridade e ego. 

O outro é Bom - É alegria, fraternidade, paz, esperança, serenidade, humildade, bondade, benevolência, empatia, generosidade, verdade, compaixão e fé.

O neto pensou nessa luta e perguntou ao avô: - Qual lobo vence?

O velho índio respondeu: - "Aquele que você alimenta!"

Te ofereço... 

Uma Rosa pela Amizade 
Uma Para O Amor 
Uma Para: A Saúde 
Uma Para: A Sorte 
Uma Para: Novas Amizades 
Uma Para: A Felicidade 
Uma Para: A Família 
Uma Para: A Paz 
Uma Para: A Sinceridade 
E A Última para Uma Longa Vida 

O mais importante é que estas flores são oferecidas de todo coração, portanto faça o mesmo também, envie ou indique este blog a todas as pessoas que são muito importante para você. 

É muito bonito oferecer flores para um amiga (o). 

Bom dia com carinho!!!! 
Meditação.
Colaboração; Sandra Benício.

domingo, 19 de agosto de 2012

A Vaquinha



Era um vez um sábio chinês  e seu discípulo. 

Em suas andanças, avistaram um casebre de extrema pobreza, onde vivia um homem, uma mulher, três filhos pequenos e uma vaquinha magra e cansada.

Com fome e sede, o sábio  e o discípulo pediram  abrigo e  foram recebidos. 

O sábio perguntou como conseguiam sobreviver na pobreza e longe de tudo.

O senhor vê aquela vaca?

Disse o homem, dela tiramos todo o sustento. 

Ela nos dá leite que bebemos e transformamos em queijo e coalhada.  

Quando sobra, vamos à cidade e trocamos  por outros alimentos. 

É assim que vivemos.

O sábio agradeceu e partiu com o discípulo. 

Nem bem fizeram a primeira curva, O sábio disse  ao discípulo: Volte lá, pegue a vaquinha,  leve-a ao precipício ali em frente e atire-a lá embaixo.

O discípulo não acreditou. “Não posso fazer isso, mestre! 

Como pode ser tão ingrato? 

A vaquinha é tudo o que eles têm. 

Se a vaca morrer, eles morrem!

O sábio, como convém aos  sábios chineses, apenas respirou fundo e  repetiu a ordem: Vá lá e empurre  a vaquinha. 

Indignado, porém resignado, o  discípulo assim fez. 

A vaca, previsivelmente, estatelou-se lá embaixo.

Alguns anos se passaram e o discípulo sempre com remorso. 

Num certo dia, moído pela culpa, abandonou o sábio e decidiu voltar àquele lugar. 

Queria ajudar a família, pedir desculpas.

Ao fazer a curva da estrada, não acreditou no que seus olhos viram.  

No lugar do casebre desmazelado havia um sítio maravilhoso, com árvores, piscina, carro importado, antena parabólica...

Perto da churrasqueira, adolescentes,  lindos, robustos, comemorando com os pais  a conquista do primeiro milhão.  

O coração do discípulo gelou. 

Decerto, vencidos  pela fome, foram obrigados a vender o terreno e ir embora. 

Devem estar mendigando na rua, pensou o discípulo.

Aproximou-se do caseiro e perguntou se ele sabia o paradeiro da família que havia  morado lá.

Claro que sei. 

Você está  olhando para ela.

Incrédulo, o discípulo afastou  o portão, deu alguns passos e reconheceu  o mesmo homem de antes, só que mais forte, altivo, a mulher mais feliz e as crianças, jovens saudáveis.  

Espantado, dirigiu-se ao homem e disse: Mas o que aconteceu? 

Estive aqui com meu mestre alguns anos atrás e era um lugar miserável, não havia nada. 

O que o senhor fez para melhorar de vida em tão pouco tempo?

O homem olhou para o discípulo, sorriu e respondeu: ”Nós tínhamos uma vaquinha, de onde tirávamos o nosso sustento. 

Era tudo o que possuíamos, mas um dia ela caiu no precipício e morreu...

Para sobreviver, tivemos que fazer outras coisas, desenvolver habilidades que nem sabíamos que tínhamos.  foi assim, buscando novas soluções, que hoje estamos muito melhor que antes.”

MORAL DA HISTÓRIA: às vezes é preciso a vaca ir pro brejo literalmente; perder tudo para ganhar mais adiante. 

É com a adversidade que exercitamos nossa criatividade e criamos soluções para os problemas da vida. 

Muitas vezes é preciso sair da acomodação, criar novas idéias e trabalhar com amor e determinação.

Pare e Pense
Colaboração; Lúcia Aparecida.

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Vença os Obstáculos!


Certo rei colocou uma enorme pedra no meio de uma estrada e, escondido, ficou observando se alguém a tiraria do caminho.

Muitas pessoas passavam por ali e simplesmente rodeavam a pedra. 

Alguns até esbravejavam contra o rei por não manter as estradas limpas, mas nenhum tentou mover a pedra dali.

De repente, surge um camponês com a sua carga. 

Ao ver a imensa pedra, põe tudo de lado e tenta removê-la.

Após muita força e suor, ele finalmente consegue afastar a pedra.

Ao voltar para pegar a sua carga notou que havia uma bolsa onde estava a pedra, repleta de moedas de ouro e algo escrito pelo rei que dizia: "Este ouro é para a pessoa que remover a pedra do caminho”.

Todo obstáculo contém uma oportunidade para melhorarmos nossa condição.

Diante dos desafios jamais devemos recuar ou fugir, pelo contrário, é o momento de testarmos a nossa força e capacidade para vencê-los.

Que Deus nos dê a força necessária para conquistarmos os nossos objetivos!

Pare e Pense
Colaboração; Marcílio.

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Vivendo Cada Momento


"Não vos inquieteis, pois,  pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si  mesmo. Basta a cada dia o seu mal". (Mateus 6:34).
Enquanto o relojoeiro construía  um novo relógio, o pêndulo ficou preocupado e começou a calcular quanto tempo levaria  para a engrenagem nova se gastar e tornar-se completamente  sem utilidade. 

O pêndulo deveria balançar 60  vezes por minuto, de um lado para  o outro, 60 minutos por hora, 24  horas por dia, 365 dias por ano.  Os números pareciam opressivos. 

"Eu não conseguirei fazer isso sozinho", suspirou o pêndulo. 

"Claro que você pode,"  encorajou o relojoeiro. 

"Você não precisa fazer  tudo no mesmo momento. Apenas um tique de  cada vez". 

A mesma verdade se aplica  em nosso viver diário. 

Não devemos ficar preocupados  com tudo que teremos que fazer daqui para a frente. 

Vivamos apenas o hoje e confiemos no Senhor para o dia de amanhã e todos  os demais que se seguirem.

Se queremos enfrentar os dias sem preocupações antecipadas e desnecessárias, não devemos nos inquietar com coisas do passado ou com o que poderá  acontecer amanhã. 

Se queremos ser felizes, precisamos,  ao acordar, buscar a Deus e lhe pedir que nos  dê graça bastante para vivermos intensamente  o dia de hoje sob a sua direção.

Se a angústia pelas coisas que estão por vir nos tira a paz, devemos estar certos de que Cristo elimina todos os nossos temores e nos dá forças para viver cada dia de forma abundante e plena.
Reflexão
Colaboração; Paulo Benites.

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Saiba Que;


O dinheiro pode comprar o prazer... mas não o amor.

Pode-se comprar um espetáculo .........mas não a alegria.

 Pode-se comprar um escravo .............mas não um amigo.

 Pode-se comprar uma mulher ............mas não uma esposa.

 Pode-se comprar uma casa .........mas não um ambiente familiar.

 Pode-se comprar alimentos ..............mas não o apetite.

 Pode-se comprar medicamentos  ..........mas não a saúde.

 Pode-se comprar diplomas ...............mas não a cultura.

 Pode-se comprar livros .................mas não a inteligência.

 Pode-se comprar  tranquilizantes .......mas não a paz.

 Pode-se comprar a indulgência  .........mas não o perdão.

 Pode-se comprar a terra ................mas não o céu.

 "Não deve deplorar o que não pode reparar" Samuel Johnson.

"O progresso é impossível sem mudanças, e os que nunca podem mudar de idéias não podem mudar o mundo, nem eles próprios " George Bernard Shaw
Meditação.
Colaboração; Lúcia Gomes.

Google+ Badge

RADIO AGRADECER


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...