Seja Bem-Vindo ao Nosso Blog Deus Ainda Fala!!! Já Falou Com Deus Hoje? Já Ouviu a Sua Voz? Obrigado Pela Visita Volte Mais Vezes ao Nosso Blog!!! Deus o Abençoe Sempre Em Nome de Jesus e Saiba Que Uma Nova História Deus Tem Pra você e o Melhor de Deus Está Por Vir

te

Siga Este Blog...

Versículo do Momento Para o Teu Coração

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Aflição e Amparo

Um pai perdeu sua filha única. 

Tinha apenas dezessete anos de idade; fora a luz e a alegria do lar. 

Pouco tempo antes, sua estremecida esposa partira para o descanso. 

O ministro veio dizer-lhe palavras de conforto. 

- Meu amigo - começou ele -' o irmão acaba de passar através de uma nuvem escura, e amarga tem sido a sua taça... 

O enlutado interrompeu-o: - Pastor, é verdade que tenho sofrido bastante. Meu coração está moído de dor, mas não houve nuvem alguma; através de tudo nada houve que se interpusesse entre mim e meu salvador. 

Jamais sua mão confortadora foi tão terna como através do que me sobreveio estas semanas passadas. Sofrimento, sim, mas nenhuma nuvem! Louvado seja Deus! 

Nossa leve e momentânea tribulação "pode produzir" um peso eterno de glória mui excelente. 

A aflição pode tanger-nos para mais perto de nosso Mestre. Pode ajudar a formação do caráter, fazendo-nos mais semelhantes ao nosso grande Exemplo. 

Nosso grande sofrimento é por um instante, aqui. 

Os resultados podem ser uma gloriosa eternidade na pátria dos remidos.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Deus Sabe o Que Faz

Certa vez, depois de trabalhar muito durante o ano todo, um homem temente a Deus conseguiu, enfim, tirar um mês de férias. 

Ele decidiu que pegaria um avião e viajaria para um continente distante. 

Durante a viagem, quando o seu avião sobrevoava o Oceano Índico, o pior aconteceu: um dos motores da aeronave teve uma pane e o piloto se viu obrigado a fazer um pouso forçado em alto mar. 

Quase todas as pessoas daquele voo morreram, mas o homem cristão conseguiu se agarrar a um objeto que permitiu que ele não se afogasse. 

Ele ficou boiando por dias, até que avistou uma ilha deserta. 

Feliz com aquele milagre, o homem nadou até a praia e, mesmo cansado, com fome e sede, agradeceu a Deus por aquele livramento de morte. 

Na ilha, ele se alimentou de peixes, frutas e ervas. 

Mais forte, ele derrubou alguns coqueiros e, com muito esforço, conseguiu construir uma cabana. 

A "casa" não era necessariamente uma casa, mas lhe servia muito bem para protegê-lo do frio da noite e das constantes chuvas que caiam naquela região. 

Mais uma vez, aquele homem após o náufrago se sentiu grato pela misericórdia de Deus com a sua vida e, na mesma noite, preparou um jantar de ação de graças ao Senhor. 

À partir daquele momento, ele estaria protegido, inclusive, de animais selvagens que poderiam viver naquela ilha. 

Certo dia, o homem foi ao mar para pescar suas próximas refeições e o resultado não poderia ter sido melhor. 

O almoço e o jantar daquele dia estavam garantidos. 

Mais uma vez, ele dobrou os joelhos e agradeceu a Deus. 

Porém, ao voltar para a sua cabana, ele se decepcionou profundamente ao ver que a sua cabana havia sido destruída por um incêndio inexplicável. 

A "casa" foi totalmente queimada e a fumaça do incêndio podia ser visto de muito longe. 

Muito triste, ele se sentou na areia e, chorando, começou a falar: Deus, como o Senhor pôde permitir que isso acontecesse? 

O Senhor sabia como foi duro construir essa cabana e como ela era importante para me abrigar! 

Mas, mesmo assim, o Senhor deixou que ela se queimasse. 

O Senhor não tem compaixão de mim? 

Mal tinha terminado suas lamentações, aquele homem sentiu uma mão tocar em seu ombro. 

Uma voz lhe disse: Vamos, senhor? 

Assustado, imediatamente ele se virou para ver quem havia falado com ele e ficou surpreso ao ver que era um marinheiro fardado que lhe disse: Vamos senhor, viemos te buscar! 

Mas o náufrago respondeu: Mas como isso pode ter acontecido? 

Como souberam que eu estava perdido aqui na ilha? 

A resposta do marinheiro foi surpreendente: Ora, nossa tripulação viu os sinais de fumaça que o senhor fez pedindo socorro. 

O nosso capitão, então, ordenou que o navio parasse e que eu viesse te buscar com aquele bote que está ali na praia. 

Aquele homem, que há pouco tempo estava desiludido, achando que Deus não se importava com ele, foi levado ao navio de volta para casa emocionado com o que aconteceu. 

Muitas vezes, Deus "queima" a nossa "cabana" para nos levar de volta ao lugar que Ele deseja. 

Deus tira de perto de nós tudo aquilo que nos oferece uma falsa segurança, para nos mostrar que só Ele sabe o que é melhor para nós. 

Talvez a sua "cabana" que se perdeu, foi um ex-namorado(a), um ente querido que partiu ou um emprego que te dava uma estabilidade... 

Não importa. 

Este é o momento para você refletir, e principalmente agradecer a Deus, mesmo sem ter todas as respostas. 

Peça ao Senhor que cumpra sempre a vontade Dele em sua vida, pois ela é boa, perfeita e agradável! (Romanos 12:2) "Como é feliz o homem a quem Deus corrige; portanto, não despreze a disciplina do Todo-poderoso. Pois Ele fere, mas trata do ferido; Ele machuca, mas suas mãos também curam" (Jó 5:17,18). 

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Adquira hoje Mesmo


Todos nos passamos por altos e baixos são as marés da vida que nos leva de um lado para outro e se formos fracos mentalmente seremos destruídos aos poucos.

O certo é que devermos ser forte diante de tantas ventanias que tentam nos derrubar, para isso precisamos de Deus, e Deus em sua imensa misericórdia coloca diante de cada um de nós homens e mulheres que são anjo que vem para no ajudar na caminhada dando-nos uma palavra de ânimo.

Mas quando não conseguimos encontrar a tempo a ajuda desse anjo para nos abrir a mente  e dizer o que fazer?

Como fazer neste momento?

O meu conselho é você buscar ajuda em oração a Deus, leia a palavra de Deus e ouça Deus falar ao seu coração e para te auxiliar nesta luta diária coloco a sua disposição este maravilhoso livro traz a cada dia uma mensagem de reflexão e conselhos como seguir adiante e que não fique apenas com você essa benção mas presentei seus amigos também, é só nos informar o endereço do e-mail do amigo e fazendo o deposito, entregaremos no endereço indicado. ok

Que tal receber mais de 90 reflexão com uma palavra de orientação?

este lindo livro online custa R$ 15,00 faça seu deposito e nos envie o comprovante de deposito assim que for confirmado o deposito mandaremos via e-mail.

E-mail; pastorabinadabe@gmail.com
Ag. 1297-1
C.Poupança. 0012647-0
Banco Bradesco.
Nome; Abinadabe C.

         Abraços fique na doce paz do Senhor e tenha uma boa leitura a cada dia.
                                               Pr. Abinadabe C. 

sábado, 7 de novembro de 2015

Reflexõ 07/11/2015

Só existe uma maneira de você agradar o coração de Deus, é parar de murmurar e dar graça a Deus por tudo em sua vida.
Pr. Bina

CICATRIZ

Um menino tinha uma cicatriz no rosto, as pessoas de seu colégio não falavam com ele e nem sentavam ao seu lado, na realidade quando os  colegas de seu colégio o viam franziam a testa devido à cicatriz ser muito feia.

Então a turma se reuniu com o professor e foi sugerido que aquele menino da cicatriz não frequentasse mais o colégio, o professor levou o caso à diretoria do colégio.

A diretoria ouviu e chegou à seguinte conclusão: Que não poderia tirar o menino do colégio, e que conversaria com o menino e ele seria o ultimo a entrar em sala de aula, e o primeiro a sair, desta forma nenhum aluno via o rosto do menino, a não ser que olhassem para trás.

O professor achou magnífica a ideia da diretoria, sabia que os alunos não olhariam mais para trás. 

Levado ao conhecimento do menino da decisão ele prontamente aceitou a imposição do colégio, com uma condição: Que ele compareceria na frente dos alunos em sala de aula, para dizer o por quê daquela CICATRIZ.

A turma concordou, e no dia o menino entrou em sala dirigiu-se a frente da sala de aula e começou a relatar:

- Sabe turma eu entendo vocês, na realidade esta cicatriz é muito feia, mas foi assim que eu a adquiri:
- Minha mãe era muito pobre e para ajudar na alimentação de casa minha mãe passava roupa para fora, eu tinha por volta de 7 a 8 anos de idade…

A turma estava em silencio atenta a tudo.

O menino continuou: além de mim, havia mais 3 irmãozinhos, um de 4 anos, outro de 2 anos e uma irmãzinha com apenas alguns dias de vida.

Silêncio total em sala.

- Foi aí que não sei como, a nossa casa que era muito simples, feita de madeira começou a pegar fogo, minha mãe correu até o quarto em que estávamos pegou meu irmãozinho de 2 anos no colo, eu e meu outro irmão pelas mãos e nos levou para fora, havia muita fumaça, as paredes que eram de madeira, pegavam fogo e estava muito quente…

Minha mãe colocou-me sentado no chão do lado de fora e disse-me para ficar com eles até ela voltar, pois minha mãe tinha que voltar para pegar minha irmãzinha que continuava lá dentro da casa em chama.

Só que quando minha mãe tentou entrar na casa em chamas as pessoas que estavam ali, não deixaram minha mãe buscar minha irmãzinha, eu via minha mãe gritar:

- “Minha filhinha está lá dentro!” Vi no rosto de minha mãe o desespero, o horror e ela gritava, mas aquelas pessoas não deixaram minha mãe buscar minha irmãzinha…

Foi aí que decidi. Peguei meu irmão de 2 anos que estava em meu colo e o coloquei no colo do meu irmãozinho de 4 anos e disse-lhe que não saísse dali até eu voltar.

Saí de entre as pessoas, sem ser notado e quando perceberam eu já tinha entrado na casa. Havia muita fumaça, estava muito quente, mas eu tinha que pegar minha irmãzinha. Eu sabia o quarto em que ela estava.

Quando cheguei lá ela estava enrolada em um lençol e chorava muito…

Neste momento vi caindo alguma coisa, então me joguei em cima dela para protegê-la, e aquela coisa quente encostou-se em meu rosto…

A turma estava quieta atenta ao menino e envergonhada, então o menino continuou: Vocês podem achar esta CICATRIZ feia, mas tem alguém lá em casa que acha linda e todo dia quando chego em casa, ela, a minha irmãzinha me beija porque sabe que é marca de AMOR.

Vários alunos choravam, sem saberem o que dizerem ou fazerem, mas o menino foi para o fundo da classe e imovelmente sentou-se.

Para você que leu esta história, queria dizer que o mundo está cheio de CICATRIZ.

Não falo da CICATRIZ visível mas das cicatrizes que não se veem, estamos sempre prontos a abrir cicatrizes nas pessoas, seja com palavras ou nossas ações.

Ha aproximadamente 2000 anos JESUS CRISTO adquiriu algumas cicatrizes nas mãos, pés, corpo e cabeça. Essas cicatrizes eram nossas, mas Ele nos protegeu e morreu em nosso lugar e ficou com todas aquelas cicatrizes.


Essas também são marcas DE AMOR. 

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Reflexão 19/10/2015

Somos seres humanos tão carentes totalmente dependentes de Ti Jesus...
Pr. Bina

O Rio e o Oceano

Dizem que antes de cair no Oceano o Rio treme de medo.

O Rio olha para trás, para toda a jornada: os cumes, as montanhas, o longo caminho sinuoso através das florestas, através dos povoados e vê à sua frente um Oceano tão vasto que pensa que entrar nele nada mais é do que desaparecer.

Mas não há outra maneira.

O Rio não pode voltar.

Ninguém pode voltar o curso de um Rio.

A existência segue sempre para frente.

Somente quando o Rio entra no Oceano é que o medo desaparece.

Isso porque apenas ali ele se dá conta de que não se trata de desaparecer no Oceano, mas sim de tornar-se Oceano.

Por um lado é desaparecimento, por outro é renascimento.

Por um lado é perder-se, por outro é ampliar-se muito além do já esperado.

É só e pura transformação.

Assim somos nós...

Voltar o curso da existência é impossível.

Nós só podemos irem frente, arriscar.

Corajosamente tornamo-nos Oceano.

Sem coragem evaporamos nossa possibilidade de vida eterna, de qualidade, de radicalidade na experiência de existir.

Não apresse o Rio, já diziam que ele corre sozinho.

Mas não contenha o Rio, a água sabe para onde vai.


Confie, solte-se, transforme-se... 
Pare e Pense.

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Reflexão 30/09/2015

     
O céu é o limite para aqueles que sonham com o melhor desta vida.
Pr. Bina

O Sábio Que Sabia Quase Tudo


        Certa vez um sábio, que atravessava um rio de barco, perguntou ao barqueiro: "Diga-me uma coisa, você conhece botânica?" 

O barqueiro olhou surpreso para o sábio e respondeu: "Não, senhor, não sei o que é isso". 

E o sábio continuou: "Você não sabe botânica, a ciência que estuda as plantas? 
Que pena. 
Você perdeu parte da sua vida".

        O barqueiro continuava remando rio a dentro, e, em seguida o sábio perguntou se ele conhecia um pouco de astronomia. 

O pobre barqueiro coçou a cabeça e disse: "Não senhor; não sei o que é Astronomia".
       
"Astronomia é a ciência que estuda os astros, o espaço, as estrelas", explicou o grande sábio. 
"Que pena! 
Você perdeu parte de sua vida sem saber o que é Astronomia".

        E o sábio foi perguntando a respeito de cada ciência: física, química, teologia, filosofia. 

De nada o barqueiro sabia. 
E o sábio sempre terminava o seu refrão. "Que pena! Você perdeu parte de sua vida".

        De repente, o barco bateu contra uma pedra, partiu-se e começou a afundar; e o barqueiro perguntou ao sábio: "O senhor sabe nadar?" "Não, não sei" respondeu o sábio. "Que pena, o senhor perdeu toda a sua vida".

        Existem muitas pessoas preparadas por cursos acadêmicos, conquistaram seus grandes títulos, falam diversos idiomas, são eruditos de nossa época, mas sem conhecer o Senhor Jesus, nada o salvará na hora da morte. 

            De nada valem milhares de livros se o leitor não fizer uso da Bíblia, a carta de Deus para os homens.

            Sábio é aquele que vive com Cristo neste mundo e no além.
Pare e Pense.


segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Reflexão 14/09/2015


Deus nos dá sabedoria para que possamos instruir e compartilhar com outras pessoas a benção de sermos agradáveis aos olhos de Deus...
Pr. Bina

Rádio Keraz Gospel

Google+ Badge

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Gostou? Então, Indique-nos a Um (a) Amigo (a)

Seu nome
Seu email
Nome do seu amigo
E-mail do seu amigo

Como Está o Mundo Agora?