Seja Bem-Vindo ao Nosso Blog Deus Ainda Fala!!! Já Falou Com Deus Hoje? Já Ouviu a Sua Voz? Obrigado Pela Visita Volte Mais Vezes ao Nosso Blog!!! Deus o Abençoe Sempre Em Nome de Jesus e Saiba Que Uma Nova História Deus Tem Pra você e o Melhor de Deus Está Por Vir

te

Bem Vindos

LEIA A BÍBLIA

sábado, 29 de junho de 2013

O Alvo

Um mestre do arco e flecha chamou um de seus jovens aprendizes para uma aula de demonstração.

O mestre pegou uma flor e colocou num dos ramos da árvore.

E ficou a cem passos distante.

De frente para o alvo, que era a flor, o mestre pediu ao aprendiz que vedasse seus olhos. 

O jovem assim fez.

O mestre, então perguntou: - Você já me viu praticar acertar o alvo?

O jovem aprendiz respondeu: - Sim, e o senhor sempre acerta.

O mestre disparou a flecha e errou o alvo.

Virou-se para o jovem aprendiz e falou: - Eu acabei de dar a você uma grande lição sobre o poder do pensamento. 

Quando desejar uma coisa, concentre-se nela. 

Ninguém jamais atingirá um alvo que não consegue ver.

O Que Aprendemos.

Na nossa vida também é assim.

Se desejamos alcançar um objetivo, precisamos concentrar todos os nossos esforços para conquistá-lo.

Pare e Pense.                                              

                                 Colaboração; Lúcia Iluminada.



A Vida é Um Achado

Um pai passeava com o seu filho na montanha, quando de repente o filho caiu, levantou-se e gritou: "AAAhhhhhhhhhhhhhhh!!!”

Com surpresa, ele ouviu uma voz repetir, na montanha: "AAAhhhhhhhhhhhhhhh!!!”

Pergunta curiosa: Quem és tu?

Recebe como resposta:  "Quem és tu?”

Enervado por esta resposta, ele grita: "Medroso!”

E ouve:  "Medroso!”

Então ele olha para o pai e pergunta: "O que se passa pai?”

O pai sorriu e respondeu: "Meu filho, ouve bem agora”

E ele gritou para a montanha: "Admiro-te!”

A voz respondeu "Admiro-te!”

Ele grita outra vez: "És um campeão!”

A voz responde:  "És um campeão!”

O rapaz ficou admirado, mas não compreendeu.

Então o pai explicou: "As pessoas perdem-se, caem e levantam-se, é a vida.

A vida devolve-te o que tu dizes e fazes.

A nossa vida é simplesmente o reflexo dos nossos atos.

Se queres amor no mundo, começa por tê-lo no teu coração.

Se queres que a tua equipe funcione, começa por confiares mais em ti próprio.

Isto funciona para tudo na nossa vida.

A vida dar-te-á tudo o que tu quiseres.

A vida não é uma coincidência: mas sim o reflexo do que se pensa e faz.

Reflexão.

Colaboração; Lúcia Gomes.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

É Proibido!

É proibido chorar sem aprender.

Levantar-se um dia sem saber o que fazer.

Ter medo de suas lembranças.

Não transformar sonhos em realidade.

É proibido não rir dos problemas.

Não lutar pelo que se quer.

É proibido não demonstrar amor.

Fazer com que alguém pague por suas dúvidas e mau  humor.

É proibido deixar os amigos.

Não tentar compreender o que  viveram juntos.

Chamá-los somente quando necessita deles.

É proibido não ser você mesmo diante das pessoas.

Fingir que elas não lhe importam.

Ser gentil só para que se lembrem de você.

Esquecer aqueles que gostam de você.

É proibido não fazer as coisas por si mesmo.

Não crer em Deus e fazer  seu destino.

Ter medo da vida e de  seus compromissos.

Não viver cada dia como  se fosse um último suspiro.

É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar.

Esquecer seus olhos,  seu sorriso, só porque seus caminhos se desencontraram, esquecer seu passado e pagá-lo  com seu presente.

É proibido não tentar compreender as pessoas.

Pensar que as vidas delas valem mais que a sua.

Não saber que cada um tem seu caminho e sua sorte.

É proibido não criar sua história.

Deixar de dar graças a Deus  por sua vida.

Não ter um momento para  quem necessita de você.

Não compreender que o que  a vida lhe dá, também lhe tira.

É proibido não buscar a felicidade.

Não viver sua vida com uma  atitude positiva.

Não pensar que podemos ser  melhores.

Não sentir que sem você  este mundo não seria igual!

É proibido!

Não importa o passado, hoje é presente!

O futuro?

É com Você!

Pense nisto!

Uma linda vida para Você!

O tempo não espera ninguém!


Seja feliz hoje e sempre...
Meditação
Colaboração; Nana Simone.

terça-feira, 25 de junho de 2013

A Ilha dos Sentimentos

Era uma vez uma ilha onde moravam os sentimentos.

Num dia de muita tempestade a ilha toda foi inundada e cada um procurou salvar-se como pode.

O AMOR, no entanto, não se apressou, pois queria ficar um pouco mais com sua ilha tão querida. 

Mas a situação ficou feia e ele começou a se afogar.

Ao ver a RIQUEZA passando em seu luxuoso iate, pediu ajuda: - Não posso levar você, não cabe. Meu barco está cheio de ouro e prata!

Ao ver a VAIDADE passar, também pediu ajuda: - Não posso, você está todo sujo e vai sujar meu barquinho!

Ao ver a TRISTEZA passar, também pediu ajuda: - Ah! AMOR, estou tão triste... prefiro ficar sozinha!

A INDIFERENÇA nem sequer respondeu ao seu pedido de socorro.

Foi então que passou um velhinho e a socorreu: - Sobe, AMOR, eu levo você. O Amor ficou tão feliz e aliviado que até se esqueceu de perguntar o nome do seu benfeitor.

Chegando ao alto de um morro, onde estavam os sentimentos que se haviam salvado, ele perguntou à SABEDORIA: -Quem é aquele velhinho que me salvou?

Ela respondeu: - O TEMPO. Somente o TEMPO é capaz de dar valor a um grande AMOR.
Meditação
Colaboração; Agnaldo Rangel. 

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Você Faria Isso Por Um Amigo Seu?

Um filho pergunta à mãe: - Mãe posso ir ao hospital ver meu amigo?

Ele está doente!

- Claro, mas o que ele tem?

o filho, com a cabeça baixa, diz: -Tumor no cérebro.

A mãe, furiosa, diz: E você quer ir lá para quê? vê-lo morrer?

O filho lhe dá as costas e vai.

Horas depois ele volta vermelho de tanto chorar, dizendo: - Ai mãe , fooi tão horrivel , ele morreu na minha frente!

A mãe, com raiva: - E agora? Tá feliz? Valeu a pena ter visto aquela cena?

uma última lágrima cai de seus olhos e, acompanhado de um sorriso, ele diz: - Muito, pois cheguei a tempo de vê-lo sorrir e dizer: Eu tinha certeza que você vinha ...

Amigos não se resumem apenas em bons momentos! 
Pare e Pense
Colaboração; Maria das Graças.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

As Dores da Alma

As dores da alma não deixam recados, imprimem uma sentença que perdura por anos, e em muitos casos, por séculos.

Um amor que acabou mal resolvido, um emprego que se perdeu inexplicavelmente, um casamento que mal começou e já terminou, uma amizade que acabou com traição, tudo vai deixando sinais, marcas profundas...

Precisamos trabalhar as dores da alma, para que sirvam apenas de aprendizado, extraindo delas a capacidade de nos fortalecermos, aprendendo que o melhor de nós, ainda está em nós mesmos.

Que amando-nos incondicionalmente descobrimos a autoestima, que se deixarmos seguir o caminho da dor e da lamentação, iremos buraco abaixo no caminho da depressão.

As dores da alma não saem no jornal, não viram capa de revista, e só quem sente, pode avaliar o estrago que elas causam.

Como não existe vacina para amores mal resolvidos, nem para decepções diárias, o que vale é a prevenção, então: ame-se para amar e ser verdadeiramente amado, sorria para que o mundo seja mais gentil, dedique-se, para que as falhas sejam pequenas, não se compare a ninguém, você é único, repare nas pequenas coisas, mas cuidado com as grandes que por vezes estão bem diante do nosso nariz e não enxergamos.

Sonhe, pois o sonho é o combustível da realização, tenha amigos e seja o melhor amigo de todos, apaixone-se pela vida e por tudo o que é seu, acredite em seu poder de sedução, estimule-se, contagie o mundo com o seu melhor, creia em Deus, pois sem Ele não há razão em nada, em suas preces, peça perdão aos que foram ofendidos por seus pensamentos, palavras e atos, na vida presente ou em vidas passadas, mentalize chuvas de Luz Divina sobre os sofredores, sobre os endurecidos, sobre os equivocados que se demoram no mal, pois assim chuva de Luzes Divinas estará caindo sobre você também e tenha sempre a absoluta certeza de que, depois da forte tempestade, o arco-íris vai surgir e o sol vai brilhar ainda mais forte.

Paulo Roberto Gaefke
Meditação
Colaboração; Carmosina Alves.

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Advento

Maria esperou tanto o nascimento  do seu filho, o filho de Deus, o  Salvador.

Deus esperou tanto pelo encontro pleno com a humanidade, sua criação,  através de Jesus, seu filho enviado.

Advento é tempo de espera e de preparo .

Advento é o tempo de quatro semanas que antecede o natal.

Tempo no qual nós nos preparamos espiritualmente para rememorar e celebrar a vinda do menino Jesus, a vinda de Deus criança, de Deus humilde, Deus humano.

É o tempo reservado em nossa vida para parar e refletir, meditar, cantar e recontar a história do nascimento do menino Jesus.

É um tempo especial para pensar sobre o sentido da nossa vida, da nossa fé, da nossa esperança.

Neste tempo esperamos renovação na nossa vida pessoal, familiar, social,  econômica...

Porque acreditamos no poder e na promessa de Deus quando enviou seu filho ao mundo.

Deus se humanizou, se tornou criança pequena, humilde, para aproximar-se de maneira mais sublime de suas criaturas; se tornou criança para encontrar acolhida em meio ao seu povo.

É um tempo em que muitas luzes são acesas nas casas e nas ruas das cidades, revelando o grande desejo humano  de luz sobre toda a vida, e acendendo a sensibilidade humana  e o desejo de que esta luz se  transforme em vida abundante, desejo de que esta luz se torne concreta na vida cotidiana.

O tempo de advento, o tempo  de natal, é um tempo em que as pessoas se sensibilizam, se alegram, se tornam abertas à comunhão, ao amor,  ao perdão.

É também um tempo em que as pessoas se entristecem, pois pensam em seus sonhos, em sua realidade, em sua vida, em sua falta de esperança e se apercebem de sua solidão, de sua pobreza...

Ao mesmo tempo, é um tempo em que Deus nos convida a buscar um lugar, a lutar por acolhida, como Maria e José que bateram de porta em porta.

É, também, um tempo de oferecer hospitalidade.

Hospitalidade para acolher outras pessoas em nossa comunidade, em nossa casa; e hospitalidade para acolher em nossa vida novos valores, novos pensamentos, novos referenciais; é tempo de acolher Deus, tempo de acolher a paz, tempo de anular a violência em nós e em nossa casa, tempo de anular o medo e o rancor.


Que o tempo de advento seja em nossa vida um tempo de preparo para voltarmos ao que é mais pleno e puro na vida desejada por Deus.
Meditação
Colaboração; Marta Magalhães.

terça-feira, 18 de junho de 2013

Verdade, Mais Que Verdade... Verdadeira!

Um jumentinho, voltando para sua casa, todo contente, fala para sua mãe:

- Fui a uma cidade, e quando lá cheguei, fui aplaudido, a multidão gritava alegre, estendia seus mantos pelo chão...

Todos, estavam contentes com minha presença. Sua mãe questionou se ele estava só e o burrinho disse: - Não, estava levando um homem com o nome de Jesus.

Então, sua mãe falou: - Filho, volte a essa cidade, mas agora sozinho.

Então o burrinho respondeu: - Quando eu tiver uma oportunidade, voltarei lá...

Quando retornou a essa cidade sozinho, todos que passavam por ele, fizeram o inverso, maltratavam, xingavam e até mesmo batiam nele.

Voltando para sua casa, disse para sua mãe: - Estou triste, pois nada aconteceu comigo. 

Nem palmas, nem mantos, nem honra... 

Só apanhei, fui xingado e maltratado. 

Eles não me reconheceram, mamãe...

Indignado o burrinho disse a sua mãe: - Porque isso aconteceu comigo?

Sua mãe respondeu: - Meu filho querido, você sem JESUS é só um jumento...

LEMBRE-SE SEMPRE DISSO....!
Pare e Pense
Colaboração; Maria Maia.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Ah! Como Eu Gostaria.

Ah... Como gostaria de ter que obedeceu a voz de Deus, sem  questionamentos  ou   explicações; a fé de Abraão.

Ah... Como gostaria de ter em construir uma arca enorme, mesmo quando a terra não  havia experimentado uma gota de água caindo  dos céus; a  coragem  de  Noé.

Ah... Como gostaria de ter o  coração  perdoador de José, que apesar de ser traído  pelos próprios irmãos, amou-os e entendeu que era tudo plano de Deus.

Ah... Como gostaria de ter a ousadia de Moisés, que com seu bordão dividiu o Mar Vermelho em  duas partes.

Ah... Como gostaria de ter as qualidades de Josué, que foi hábil para substituir o grande líder Moisés, tomada de Jericó.

Ah... Como  gostaria  de   ser como  Davi, que  foi  chamado “um homem segundo  o  coração  de  Deus”.

Ah... Como gostaria de ter a perseverança de Jó, que não desistiu de seguir  a Deus apesar de  tantos  sofrimentos   enfrentados.

Ah... Como gostaria de ter a persistência de Neemias, que mesmo sendo criticado por  muitos, não desistiu de seu projeto de reconstruir os muros de  Jerusalém.

Ah... Como gostaria de ter a renúncia dos discípulos, que deixaram tudo para seguir o Mestre.

Ah... Como gostaria de ter a humildade de Paulo, que mesmo sendo um dos maiores  apóstolos, se considerava o menor de  todos.

Ah... Como gostaria de ter a  intrepidez  daqueles mencionados que foram apedrejados, provados,  serrados pelo meio, mortos a fio da espada, afligidos  e maltratados, mas foram considerados “homens  dos quais  o mundo não era digno” em Hebreus 11.

Ah... Que Deus possa me achar entre aqueles que, “... venceram por causa do sangue do Cordeiro e por causa da palavra do testemunho que deram, e mesmo em face da morte, não amaram a própria vida”.


Que  o  Eterno  tenha, misericórdia  de  mim!!
Reflexão
Colaboração; Lúcia Alves.

quinta-feira, 13 de junho de 2013

A Verdadeira Humildade.

A verdadeira humildade é você  dar o melhor de si,  sem se sentir melhor que os outros.

É você ter consciência de suas qualidades, mas reconhecer que tem muitos defeitos também.

É você mostrar os seus talentos sem querer abafar  os talentos dos outros.

É você dar a sua opinião com a mesma disposição  de ouvir a opinião dos outros.

É saber reconhecer que os outros  podem estar certos.

É você admirar os outros pelo que eles fazem,  sem esquecer que você também é capaz de fazer coisas maravilhosas.

É você  aceitar cargos importantes, mas fazer deles uma maneira  de servir ainda mais.

É ajudar a quem precisa sem  pensar em agradecimentos.

É você aceitar a vontade de Deus, sem abrir mão da sua responsabilidade  de tomar decisões e fazer a sua parte.

É você ser capaz de aprender com os outros  sem perder sua identidade própria.

É você aprender a conviver com todas as diferenças.

É você  saber viver na simplicidade sem sentir-se superior àqueles que são apegados às coisas.

É você  olhar para a frente e seguir adiante  sem esquecer quem está do seu lado.

É você oferecer aos outros o que você tem de melhor sem impor-se a ninguém.

É você escalar as alturas sem pisar em ninguém.

É você não depender de elogios nem recompensas para fazer o que é certo.

. É você saber que a santidade só faz sentido na convivência com as pessoas.

A  verdadeira humildade é  você ser como uma flor, frágil e  efêmera, que desabrocha beleza e  xala  perfume para todos os lados.


É, no momento certo, saber virar as costas para o que não lhe diz  respeito.
Pare e Pense.
Colaboração; Lucia Aparecida.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

As Vizinhas

Duas vizinhas viviam em pé de guerra. 

A encrenca era tão feia que nem podiam se encontrar na rua que era briga na certa.

Um dia, cansada de tanto ódio, uma delas decidiu tentar fazer as pazes com a outra. 

Ao se encontrarem na rua, muito humildemente, disse-lhe: - Vizinha, estamos nessa desavença há tantos anos que já nem me lembro mais os motivos da nossa inimizade. 

Vamos acabar com isso e viver em paz?

A outra estranhou a atitude da velha rival, e disse que iria pensar no caso, mas, pelo caminho foi matutando: – Essa serpente não me engana, está querendo me aprontar alguma coisa e eu não vou deixar barato. 

Vou mandar-lhe um “presente”, hoje mesmo.

Chegando em casa, preparou uma bela cesta de presente, cobriu-a com um lindo papel, encheu-a com esterco de vaca e escreveu um bilhetinho: - Este presente é para selar a nossa amizade!

A mulher leu o bilhete, mas não se deixou irritar. 

Dois meses depois fez a mesma coisa: mandou um presente para sua vizinha.

Ao receber a cesta, a vizinha pensou: – É a vingança daquela asquerosa. 

O que será que ela me aprontou?

Mas, qual não foi sua surpresa ao abrir a cesta e ver um lindo arranjo de belas flores e um cartão com a seguinte mensagem: - Obrigado pelo excelente adubo que você me enviou. 

Adubei estas lindas flores com ele. Ofereço-te este ramalhete como prova do meu desejo de acabarmos com esta desavença e vivermos em paz uma com a outra.

Aparta-te do mal, e faze o bem; busca a paz, e segue-a. Salmo 34-14
Reflexão
Colaboração; Nara Núbia

A Borboleta e a Flor!

Certa vez, um homem pediu a Deus uma flor e uma borboleta.

Mas Deus lhe deu um cacto e uma lagarta.

O homem ficou triste, pois não entendeu por que o seu pedido veio errado.

Daí pensou: Também, com tanta gente para atender...

E resolveu não questionar.

Passado algum tempo, o homem foi verificar o pedido que deixou esquecido.

Para sua surpresa, do espinhoso e feio cacto havia nascido a mais bela das flores...

E a horrível lagarta transformara-se em uma belíssima borboleta.

Deus sempre age certo.

O seu caminho é o melhor, mesmo que aos nossos olhos pareça estar dando tudo errado.

Se você pediu uma coisa a Deus e recebeu outra, confie.

Tenha certeza de que Ele dá o que você precisa, no momento certo.

Nem sempre o que você deseja é o que você precisa.

Como Ele nunca erra na entrega dos pedidos, siga em frente sem murmurar ou duvidar.

O espinho de hoje será a flor de amanhã!

GLÓRIAS A DEUS. Assim seja em nossas vidas desejo de missionária.
Pare e Pense

terça-feira, 11 de junho de 2013

A Outra Porta

Talvez isso já tenha acontecido com você, pois é uma cena muito comum em estacionamentos de shoppings e condomínios.

Você chega para apanhar o carro, geralmente com pressa, mas outro veículo está estacionado bem ao lado do seu, impedindo você de abrir a porta e entrar no carro.

O que fazer, então?

Xingar, chamar o irresponsável e dizer-lhe umas verdades, brigar com o porteiro, com o síndico, ou chutar os pneus do veículo infrator...

Essas talvez sejam as atitudes mais comuns. 

Mas será que resolvem o problema?

Ou será que acabam azedando ainda mais o seu dia e provocando um atraso maior aos seus compromissos?

Embora para muitos de nós as reações violentas sejam as que brotam mais facilmente, é importante pensar em soluções, em vez de nos debater e piorar a situação.

Indignados com o motorista descuidado que bloqueou a porta do nosso veículo, provocamos uma guerra de nervos.

Mas uma guerra que acaba só com os nossos próprios nervos, pois o infrator talvez esteja dormindo, fazendo suas compras calmamente...

Nesse caso, não seria melhor pensar um pouco e buscar uma solução para o problema?

Quando desejamos solucionar o problema em vez de encontrar e punir o culpado, nós acharemos outra saída, ou melhor, outra entrada...

Há uma porta do outro lado do veículo, a porta do passageiro.

Que tal entrar por ela? 

Dá um pouco de trabalho, mas dá certo.

Seria uma solução inteligente. 

Resolveríamos o problema e pouparíamos os nossos nervos.

Figuradamente, em todas as situações da vida há sempre uma outra porta, uma outra janela, uma outra saída...

Basta que desejemos encontrar soluções e não culpados.

O que geralmente nos paralisa e nos embrutece diante de situações difíceis, é o orgulho.

O orgulho é sempre um mau conselheiro, em todas as circunstâncias.

O orgulho sempre sugere que isso não pode ficar assim, que é preciso dar uma lição no responsável pelo problema, que é preciso revidar, tomar satisfação, brigar.

Já a sabedoria aconselha: saia dessa, busque a outra porta, não vale a pena declarar guerra, você também erra, e quando isso acontece você deseja o perdão e a indulgência.

A sabedoria diz: vá em frente, não detenha o passo. 

A sua irritação não solucionará problema algum. 

Aja com inteligência, não reaja. A reação é própria dos irracionais.

Optar entre os conselhos do orgulho ou os da sabedoria, cabe exclusivamente a você, e a ninguém mais.

Assim, lembre-se sempre que tornar as coisas mais difíceis ou facilitá-las, é uma decisão sua. 

Só sua.

E facilitar pode ser exatamente dirigir-se à outra porta, abri-la, entrar, dar partida e tocar em frente, sem irritação, nem aborrecimentos desnecessários.

Pense nisso!

Os rios, caudalosos ou não, diante dos obstáculos desviam seu curso, superam barreiras e seguem seu caminho, levando em seu leito inúmeros benefícios por onde passam.

Você, mais do que os rios, traz em sua intimidade mil maneiras de contornar obstáculos e solucionar problemas, com sabedoria.

Se a vida lhe impede de entrar por uma porta, abra outra. 

Contorne os obstáculos, vença os desafios. 

Você é capaz.

Pense nisso!
Reflexão.

Google+ Badge

RADIO AGRADECER


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...