Seja Bem-Vindo ao Nosso Blog Deus Ainda Fala!!! Já Falou Com Deus Hoje? Já Ouviu a Sua Voz? Obrigado Pela Visita Volte Mais Vezes ao Nosso Blog!!! Deus o Abençoe Sempre Em Nome de Jesus e Saiba Que Uma Nova História Deus Tem Pra você e o Melhor de Deus Está Por Vir

te

Bem Vindos

LEIA A BÍBLIA

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Não Estou Só

Essa história, é uma história diferente, podemos começá-la como antigamente: 

  -  Era uma vez, em uma casinha muito encolhidinha situada no meio de uma floresta. Só que essa floresta era de pedras. Sim, de pedras.

- Mas como assim Reginaldo? Não existe floresta de pedras.

- Tens razão Marquinhos, quando falo em floresta de pedras, estou me referindo a uma cidade, e as casas formam essa floresta, entendeu?

- Estou começando a entender... Continue professor.

- Bom, continuando, nessa casinha morava uma senhora de aproximadamente 60 anos, e estava passando por dificuldades financeiras, já não podia trabalhar e o que recebia da aposentadoria não dava para comprar nem os remédios que ela tomava para a Pressão.

Para acabar de vez com a sua tranquilidade, os vizinhos a pressionava para que ela vendesse a sua casa, pois o Supermercado ao seu lado precisava construir um estacionamento para os seus clientes, e o local da sua casinha era o ideal para eles.
- Mas se ela vender a casa, onde ela ia morar professor? 

- Pois é, o  dinheiro que receberia não dava para comprar nem um lote em um lugar habitável, se ela quisesse teria que morar em uma favela ou mudar-se para uma cidade pequena. 

Essa mulher era mal humorada, brigava com todo mundo, falava palavrões, e em até certo ponto os vizinhos tinham razão em pedir a sua saída dali. 

Um certo dia, apareceu por lá, um oficial de justiça e disse a ela: - Minha senhora, venho lhe trazer essa intimação, por favor assine aqui por favor.

- Eu não vou assinar nada, em primeiro lugar, sou mulher de pouca leitura, e não saberia exatamente o que estaria assinando para o senhor.

- Minha senhora, sou um oficial de justiça, não precisa ter medo de nada.

- Nem se o senhor fosse o Presidente, ele pelo menos conheço pela fotografia e me faça um favor, dê o fora daqui se não chamo a polícia.

- Ótimo, a senhora me economizaria bastante chamando a polícia, pois fique sabendo que posso mandar prendê-la.

- Ótimo digo eu, seria maravilhoso, pois assim teria onde comer de graça e não estaria passando fome.

   Aquelas palavras tocou profundamente o coração do oficial de justiça que ficou sem ação.

- Moço, me diga por que estou sendo intimada?

- Fizeram um abaixo assinado, estão pedindo ao Juiz que tire a senhora desse lugar, estão dizendo que a senhora é mal exemplo para as crianças que moram nesse bairro.

- Estão falando tudo isso nesse papel aí?

- Não minha senhora, aqui é só a intimação, o processo está lá no fórum.

A mulher começou a chorar...

- Moço, eu moro aqui desde quando nasci, essa casa pertencia ao meu avô que deixou para minha mãe que deixou para mim que sou filha única. 

Esse povo me conhece desde quando eu era criança, muitos aí brincaram comigo no nosso quintal, até fui namoradinha de alguns e agora os próprios estão querendo me ver longe daqui... 

O senhor não acha isso uma covardia?

- Acho senhora, e queria até te dar um conselho.

- Qual?

- Procure um advogado, ele saberá orientá-la.

- E pagar com que esse advogado meu filho? Se brincar eles compram ele e lá se vai a vaca para o brejo. Só tem alguém que pode me ajudar.

- Ótimo senhora, quem?

- Jesus Cristo, ele vai me dar uma solução. Me dê aí esse papel, vou assinar, quando tenho que ir falar com o Juiz?

- No próximo dia 20.

A mulher assinou o papel, uma assinatura trêmula, mal feita devido a sua pouca leitura.
Pare e Pense.

Nenhum comentário:

Google+ Badge

RADIO AGRADECER


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...