Seja Bem-Vindo ao Nosso Blog Deus Ainda Fala!!! Já Falou Com Deus Hoje? Já Ouviu a Sua Voz? Obrigado Pela Visita Volte Mais Vezes ao Nosso Blog!!! Deus o Abençoe Sempre Em Nome de Jesus e Saiba Que Uma Nova História Deus Tem Pra você e o Melhor de Deus Está Por Vir

te

Bem Vindos

Rádio Keraz Gospel

LEIA A BÍBLIA

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Deus Sabe Nos Ouvir

Certo homem enfrentava um grande sofrimento. 

Vendo seus amigos tentando consolá-lo, disse: "O melhor consolo que vocês me podem dar é escutar com atenção as minhas palavras".

E é exatamente disso que precisamos quando enfrentamos problemas: de alguém que saiba nos ouvir com atenção.

E este alguém é DEUS!

ELE quer ouvir você relatando seus problemas, suas frustrações, seus medos, seus fracassos, e também suas alegrias e os seus desejos.

Apresente tudo aquilo que está em seu coração a DEUS, e ELE mostrará o quanto ama você, dando-lhe forças através de sua santa Palavra, que diz: “Na minha aflição, eu clamei ao SENHOR; ELE me respondeu e me livrou da angústia”.

Quantas vezes procuramos alguém que possa dividir nossas preocupações, tristezas, angustias, dores, sofrimentos e incertezas. 

Mas muitas vezes, encontramos apenas um silencio e uma espera em DEUS, sem termos a certeza que algo acontecerá.

Nestes momentos, mesmo declarando que temos Fé uma insegurança domina nosso ser.

Sensações de desânimo e fraquezas começam a assolar nosso viver.

Oremos: Querido SALVADOR JESUS, obrigado por me ouvires com tanta atenção e carinho.

Enche o meu coração com tua Palavra para que eu encontre o consolo e a força que só TU podes nos dar.

Por JESUS CRISTO. Amém.
Leia em sua Bíblia: Salmo 118.1-14.
Reflexão 
Colaboração; Rita de Cássia. 

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Qual é o Seu Problema?

Se eu quero acabar com uma árvore, eu tenho que cortá-la pela raiz. A bananeira, por exemplo, é uma árvore muito robusta e resistente, mesmo que pareça fraca. Por incrível que pareça, nem fogo nem um tufão pode matá-la. 


Mesmo se alguém cortar uma bananeira em mil pedaços, ela ainda pode sobreviver. A única maneira pela qual essa árvore pode ser impedida de crescer novamente é arrancá-la por completo, desde a raiz.

Assim são com os problemas da vida, especialmente os crônicos. Se não forem resolvidos na raiz, acabarão crescendo novamente e voltando como antes. 

Muitas pessoas querem resolver seus problemas, mas se resumem em lidar com as folhas e galhos deles. Esses problemas acabam voltando muitas vezes, e ás vezes até pior.

Há três razões principais porque as pessoas normalmente não lidam com a raiz de seus problemas: 
  1. Não sabem encontrar a raiz 
  2. Conhecem a raiz, mas não sabem como cortá-la 
  3. Sabem como cortá-la, mas não estão dispostas a empregar o esforço para fazê-lo, ou seja, querem respostas rápidas 
Qual é o seu caso?
Pare & Pense
Colaboração; Luciana Costa.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

O Espelho

 ...Uma  história de Amor

Renato quase não viu a senhora, com o carro parado no acostamento. Chovia forte e já era noite. Mas percebeu que ela precisava de ajuda...

...Assim parou seu carro e se aproximou. O carro dela cheirava a tinta, de tão novinho. A senhora pensou que pudesse ser um bandido.

Ele não parecia seguro, parecia pobre e faminto...
...Renato percebeu que ela estava com muito medo e disse:

“Eu estou aqui para ajudar madame, não se preocupe. Por que não espera no carro onde está quentinho? A propósito, meu nome é Renato”...

...Bem,  tudo que ela tinha era um pneu furado,  mas para uma senhora de idade avançada  era ruim o bastante.

Renato abaixou-se,  colocou o macaco e levantou o carro.  Logo ele já estava trocando o pneu.  Mas ficou um tanto sujo e ainda feriu  uma das mãos...

...Enquanto  apertava as porcas da roda ela abriu  a janela e começou a conversar com  ele.

Contou que era de São Paulo  e que só estava de passagem por ali e que não sabia como agradecer pela preciosa ajuda. Renato apenas sorriu enquanto se levantava...

...Ela  perguntou quanto devia. Já tinha imaginado  todos as terríveis coisas que poderiam  ter acontecido se Renato não tivesse  parado e ajudado. Renato não pensava  em dinheiro, Gostava de ajudar as pessoas...

...Este  era seu modo de viver. E respondeu: “Se realmente quiser me pagar, da próxima vez que encontrar alguém que precise de ajuda, dê para aquela pessoa a ajuda de que ela precisar e lembre-se de mim”...

...Alguns  quilômetros depois a senhora em um pequeno  restaurante simples, a garçonete veio até ela e trouxe-lhe uma toalha limpa para secar  o cabelo molhado e lhe dirigiu um  doce sorriso...

...A  senhora notou que a garçonete estava com quase oito meses de gravidez, mas  ela não deixou a tensão e as dores mudarem a sua atitude...
...A  senhora ficou curiosa em saber como alguém  que tinha tão pouco, podia tratar tão  bem a um estranho.
Então se lembrou  de Renato. Depois que terminou a sua  refeição, e enquanto a garçonete buscava  troco, a senhora se retirou...

...Quando  a garçonete voltou  queria saber onde  a  senhora poderia ter ido quando  notou algo escrito no guardanapo, sob  o qual tinha 4 notas de R$ 100,00...

...Correram  lágrimas em seus olhos quando leu o  que a senhora escreveu. Dizia: -  Você não me deve  nada, eu já tenho  o bastante. Alguém  me ajudou hoje e da mesma forma estou  lhe ajudando. Se você  realmente quiser me  reembolsar por este  dinheiro, não deixe  este círculo de amor  terminar com você,  ajude alguém...

...Aquela  noite, quando foi para casa cansada e  deitou-se na cama, seu marido já estava  dormindo e ela ficou pensando no dinheiro  e no que a senhora deixou escrito...

...Como  pôde aquela senhora saber o quanto ela  e o marido precisavam disto? Com o  bebê que estava para nascer no próximo  mês, como estava difícil...

...Ficou  pensando na bênção que havia recebido,  deu um grande sorriso...

...Agradeceu  a Deus e virou-se para o preocupado  marido que dormia ao lado, deu-lhe um  beijo macio e sussurrou: - Tudo ficará bem; eu te amo...

...Renato! Pense nisso, e se você quiser me pagar por este e-mail, retransmita-o aos seus amigos e não deixe o circulo do amor morrer com você....

A  VIDA É ASSIM... UM  ESPELHO... TUDO  QUE VOCÊ TRANSMITE  VOLTA PRA  VOCÊ!!
Tenham  uma Ótimo Semana!
Pare & Pense
Colaboração; Jane Rodrigues.

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

O Menino Que Era Anjo


Era uma noite fria e chovia. 
Voltava de meu trabalho em meu carro. 
Resmungava achando ruim do transito e estava atrasado para ver meu programa favorito.

Parei em um sinal e um pivete bate no vidro da porta e eu já tirava algumas moedas do bolso para não ver mais um rosto. 

Abri o vidro quase sem olhar para o tal pivete e já lhe entregara o conteúdo de moedas que tinha em minha carteira.

O garoto em tom suave me falou assim: - Moço: eu não quero seu dinheiro, quero apenas lhe avisar que houve uma batida logo ali e que o senhor deve tomar outro caminho e te desejar uma feliz noite.

Aquelas palavras me soaram como um tiro no peito. 
Eu estava preocupado em chegar em casa e ignorava meu mundo. 
Mas aparece um anjo para me auxiliar e me dar uma boa noite.

Olhei novamente para aquele pivete e vi que era uma criança, e perguntei o que ele estava fazendo debaixo daquela chuva.

Ele me disse em um tom natural que não tinha para onde ir e resolvera ajudar. 
Que era o máximo que ele podia fazer. 
Parei meu carro no estacionamento e sentei na calçada com aquele anjo de pés sujos mas de um coração que jamais vira.

Perguntei-lhe se tinha fome e uma resposta afirmativa me veio daquele menino de rua.

Saímos dali e fomos a um bar próximo e comemos um lanche. 
Conversamos sobre suas coisas e seus sonhos.

Era uma criança simples e que não desejava muito, e que gostava de repartir suas poucas coisas com aqueles que tinham menos que ele. 
Aquele pivete fez em mim o que o mundo não conseguiu. Tocou fundo meu coração.

Hoje ele não precisa mais de viver na rua. 
Tem seu lar e sua própria família e é feliz. 
É feliz de tal forma que não compreendia e aprendi com aquele menino de rua. 
A felicidade não é quanto, nem quando e tampouco como. 

Ela simplesmente é, ela esta ao nosso lado e não precisamos de preparo para ser feliz. Podemos ser felizes agora, do jeito que somos, do jeito que estão as coisas.

Aquele menino que é um anjo ainda ensina a todos que cruzam seu caminho, lições simples de amor e fraternidade. 
E eu agradeço a Deus a oportunidade que tive de conhecer aquele anjo em uma noite fria e chuvosa.

Meditação.
Colaboração; Joel.

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Caneta de Deus


 "O diabo fica nas esquinas da vida nos mostrando o que não fizemos, ao passo que DEUS, segura em nossas mãos e nos mostra o que ainda pode ser feito."  
 A Mãe deu um pulo assim que viu o cirurgião a sair da sala de operações.

Perguntou:

- Como é que está o meu filho? Ele vai ficar bom?
- Quando é que eu posso vê-lo?

O cirurgião respondeu:
- Tenho pena. Fizémos tudo mas o seu filho não resistiu.

Sally perguntou:

- Porque razão é que as crianças pequenas tem câncer? Será que Deus não se preocupa?

- Aonde estavas Tu, Deus, quando o meu filho necessitava?...

O cirurgião perguntou:
- Quer algum tempo com o seu filho? Uma das enfermeiras irá trazê-lo dentro de alguns minutos e depois será transportado para a Universidade.

Sally pediu à enfermeira para ficar com ela enquanto se despedia do seu filho. Passou os dedos pelo cabelo ruivo do seu filho.

- Quer um cachinho dele? Perguntou a enfermeira.
Sally abanou a cabeça afirmativamente.

A enfermeira cortou o cabelo e colocou-o num saco de plástico, entregando-o a Sally.

- Foi idéia do Jimmy doar o seu corpo à Universidade porque assim talvez pudesse ajudar outra pessoa, disse Sally. No início eu disse que não, mas o Jimmy respondeu:

- Mãe, eu não vou necessitar do meu corpo depois de morrer. Talvez possa ajudar outro menino a ficar mais um dia com a sua mãe.

Ela continuou:

- O meu Jimmy tinha um coração de ouro. Estava sempre a pensar nos outros. Sempre disposto a ajudar, se pudesse.

Depois de aí ter passado a maior parte dos últimos seis meses, Sally saiu do "Hospital Children's Mercy" pela última vez.

Colocou o saco com as coisas do seu filho no banco do carro ao lado dela.

A viagem para casa foi muito difícil.
Foi ainda mais difícil entrar na casa vazia.

Levou o saco com as coisas do Jimmy, incluindo o cabelo, para o quarto do seu filho.

Começou a colocar os carros e as outras coisas no quarto exatamente nos locais onde ele sempre os teve.

Deitou-se na cama dele, agarrou a almofada e chorou até que adormeceu.

Era quase meia-noite quando acordou e ao lado dela estava uma carta.

A carta dizia: - Querida Mãe, Sei que vais ter muitas saudades minhas; mas não penses que me vou esquecer de ti, ou que vou deixar de te amar só porque não estou por perto para dizer:"AMO-TE".

Eu vou sempre amar-te cada vez mais, Mãe, por cada dia que passe.

Um dia vamos estar juntos de novo. Mas até chegar esse dia, se quiseres adotar um menino para não ficares tão sozinha, por mim está bem.

Ele pode ficar com o meu quarto e as minhas coisas para brincar. Mas se preferires uma menina, ela talvez não vá gostar das mesmas coisas que nós, rapazes, gostamos. 

Vais ter que comprar bonecas e outras coisas que as  meninas gostam, tu sabes.

Não fiques triste a pensar em mim. Este lugar é mesmo fantástico!
Os avós vieram me receber assim que eu cheguei para me mostrar tudo, mas vai demorar muito tempo para eu poder ver tudo.

Os Anjos são mesmo lindos! Adoro vê-los a voar!
E sabes uma coisa?...

O Jesus não parece nada como se vê nas fotos, embora quando o vi o tenha conhecido logo.

Ele levou-me a visitar Deus!
E sabes uma coisa?...

Sentei-me no colo d'Ele e falei com Ele, como se eu fosse uma pessoa importante.. Foi quando lhe disse que queria escrever-te esta carta, para te dizer adeus e tudo mais..

Mas eu já sabia que não era permitido.
Mas sabes uma coisa Mãe?....

Deus entregou-me papel e a sua caneta pessoal para eu poder escrever-te esta carta.
Acho que Gabriel é o anjo que te vai entregar a carta.
Deus disse para eu responder a uma das perguntas que tu Lhe fizeste, "Aonde estava Ele quando eu mais precisava?"...

Deus disse que estava no mesmo sítio, tal e qual, quando o filho dele, Jesus, foi crucificado. Ele estava presente, tal e qual como está com todos os filhos dele..
Mãe, só tu é que consegues ver o que eu escrevi, mais ninguém.
As outras pessoas veem este papel em branco.
É mesmo maravilhoso não é!?...

Eu tenho que dar a caneta de volta a Deus para ele poder continuar a escrever no seu Livro da Vida.
Esta noite vou jantar na mesma mesa com Jesus.
Tenho a certeza que a comida vai ser boa.

Estava quase a esquecer-me: já não tenho dores, o câncer já se foi embora.
Ainda bem, porque já não podia mais e Deus também não podia ver-me assim.

Foi quando ele enviou o Anjo da Misericórdia para me vir buscar.
O anjo disse que eu era uma encomenda especial! O que dizes a isto?...
Assinado com Amor de Deus, Jesus e de Mim.

(vamos ver se Satanás consegue parar esta carta.) Tira 60 segundos e reenvia-a ou indica este blog.

Dentro de uma hora você irá sentir o espírito de Deus a entrar na tua vida.

Deixa Ele fazer o que Ele gosta, quando  tu não estás a fazer nada Ele está.
Reencaminha este mail com o título:
"This is beautiful! Try not to cry."
(Isto é lindo! Tenta não chorar.)

Envia para algumas pessoas em dois minutos e vais sentir o Espírito Santo a fazer luz na tua vida dentro de uma hora.

Meditação.
Colaboração; Gil Ribiero.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Promessa de Deus

Lucas 4,1-4 E Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto; E quarenta dias foi tentado pelo diabo, e naqueles dias não comeu coisa alguma; e, terminados eles, teve fome.

E disse-lhe o diabo: Se tu és o Filho de Deus, dize a esta pedra que se transforme em pão. E Jesus lhe respondeu, dizendo: Escrito está que nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra de Deus. Jesus como mesmo afirma a Escritura Sagrada foi levado pelo Espírito Santo ao deserto para que

Ele fosse tentado pelo diabo 40 dias.

Nessa ocasião o diabo lançou sobre Cristo todo o seu armamento infernal para que o Filho de Deus não cumprisse a sua missão na terra e não nos libertasse das mãos do inimigo. O diabo investiu sobre Jesus todas as suas artimanhas.

E uma das investidas de satanás contra Cristo foi a do versículo

3 (E disse-lhe o diabo: Se tu és o Filho de Deus, dize a esta pedra que se transforme em pão). Cristo havia passado 40 dias em jejum sem se alimentar. Transformar aquela pedra em pão era algo que saciaria a fome Dele, satisfazendo assim sua vontade.

Isso era algo que Ele poderia fazer, pois é o Filho de Deus, o Próprio Deus, tendo todo o poder.Mais vamos analisar a resposta que Cristo dá ao diabo versículo

4 (E Jesus lhe respondeu, dizendo: Escrito está que nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra de Deus). Cristo sabia que nenhuma realização carnal se iguala a vontade de Deus.

Por mais que Seu corpo pedisse alimento sólido, Ele retirava todas as Suas forças de Deus. E como sempre Jesus colocava a vontade de Deus em primeiro lugar. Um Filho obediente em tudo ao Seu Pai.

Assim também acontece nas nossas vidas, o diabo nosso inimigo anda ao nosso derredor buscando

a quem possa tragar. Ele tenta de todas as formas nos retirar do caminho de Deus. E essa primeira investida do diabo contra a vida de Jesus não está distante da nossa realidade.

Ele sabe que nós não podemos transformar pedra em pão, no entanto, a isca que ele joga em nossas vidas é para que coloquemos as coisas do mundo em primeiro lugar e abandonemos o caminho que Deus tem pra nossas vidas.

Fazer coisas que não agradam a Deus contraria a Sua Santa Palavra, o inimigo sabe que pode nos atacar no que diz respeito a desviarmos dos propósitos de Deus e servirmos mais a nossa carne do que ao Criador.

Eu não sei se você tem passado situações de afastamento da presença de Deus, eu não sei se o problema é a falta de comunhão com Deus. Se com a correria do dia-a-dia você tem se esquecido de reservar seu momento com Deus, ou se o problema, pecado, tem te afastado do Deus Santo.

Porém, o que eu quero te dizer é que Cristo está de braços abertos para te receber como filho. Que o arrependimento tome conta do seu coração e que nada possa tomar o lugar de adoração a Deus da sua vida.

“Eis que estou à porta, e bato: se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.”Ap3,20.
Meditação.
Colaboração; Anônimo.

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Missões

Uma certa vez, em uma aldeia, havia um rio que ninguém ousava tomar banho nele, pois era muito fundo e a correnteza era forte.

Um certo dia um garoto aproximou-se do rio e resolveu entrar.

Em poucos instantes o garoto estava gritando por socorro, pois começou a afogar-se.

Toda a aldeia veio para ver o que estava acontecendo, mas ninguém ousou entrar.

De repente veio uma mulher gritando e chorando, pois era o seu filho que estava na água...

Um homem vendo o desespero daquela mãe resolveu entrar para resgatar o garoto, mas impôs uma condição, ele amarraria uma corda em sua cintura e as pessoas que estavam às margens teria que segurar a outra ponta e puxarem-na assim que ele alcançasse o garoto.

E, eles aceitaram a proposta.

Chegando no meio do rio o homem conseguiu agarrar o garoto e gritou para que as pessoas os resgatassem puxando a corda, mas a multidão que estava à margem discutia de quem era a obrigação de segurar a corda.

Outros discutiam sobre quem pagaria a corda caso ela fosse arrastada junto com aquele homem.

Com isso esqueceu-se de segurar a corda, e os dois foram vencidos pela correnteza...
E afogaram-se.
Quando deram fé, era tarde demais.

Este rio representa o mundo, o garoto, as pessoas perdidas sem Jesus, o homem que foi resgatar representa o missionário, e as pessoas que estavam à margem do rio a igreja.

Eu não sei onde você se encaixa nesta história, mas reflita nela, pense sobre o que você tem feito por quem está lá, na outra ponta da corda!

UM ABRAÇO NO AMOR DO MESTRE JESUS.
Meditação
Colaboração; Rosana Souza.







quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Paciência

No parque, uma mulher sentou-se ao lado de um homem.
Ela disse: Aquele ali é meu filho, o de suéter vermelho deslizando no escorregador.

- Um bonito garoto - respondeu o homem - e completou: - Aquela de vestido branco, pedalando a bicicleta, é minha filha.

Então, olhando o relógio, o homem chamou a sua filha.
- Melissa, o que você acha de irmos?

Mais cinco minutos, pai. Por favor. Só mais cinco minutos!

O homem concordou e Melissa continuou pedalando sua bicicleta, para alegria de seu coração

Os minutos se passaram, o pai levantou-se e novamente chamou sua filha: - Hora de irmos, agora?

Mas, outra vez Melissa pediu: - Mais cinco minutos, pai. Só mais cinco minutos!

O homem sorriu e disse: - Está certo!

- O senhor é certamente um pai muito paciente - comentou a mulher ao seu lado.

O homem sorriu e disse: - O irmão mais velho de Melissa foi morto no ano passado por um motorista bêbado, quando montava sua bicicleta perto daqui. Eu nunca passei muito tempo com meu filho e agora eu daria qualquer coisa por apenas mais cinco minutos com ele.

Eu me prometi não cometer o mesmo erro com Melissa.

Ela acha que tem mais cinco minutos para andar de bicicleta.

Na verdade, eu é que tenho mais cinco minutos para vê-lá brincar...

Em tudo na vida estabelecemos prioridades.

Quais são as suas?

Lembre-se: nem tudo o que é importante é prioritário, e nem tudo o que é necessário é indispensável!

Dê, hoje, a alguém que você ama mais cinco minutos de seu tempo.

Eu parei 5 minutos para encaminhar esta mensagem a você

E você, pode perder 5 minutos para passá-la adiante?

"Aquele que procura um amigo sem defeitos termina sem amigos."Bom dia, que Deus lhe abençoe!!
Reflexão
Colaboração; Cezario.

sábado, 6 de agosto de 2011

O Leão, os Ratos e a Fé Em Deus

Um leão encontrou um grupo de gatos conversando... "Vou devorá-los", pensou.

Mas começou a sentir-se estranhamente calmo. E resolveu sentar-se próximo do grupo, para prestar atenção no que diziam: - Meu bom Deus - disse um dos gatos, sem notar a presença do leão. Oramos a tarde inteira! Pedimos que chovesse ratos do céu! - E, até agora, nada aconteceu! - disse outro....

Será que o Senhor não existe?
O céu permaneceu mudo.
E os gatos perderam a fé.

O leão levantou-se, e seguiu seu caminho, pensando: “veja como são as coisas”.

Eu ia matar estes animais, mas Deus me impediu. Mesmo assim, eles pararam de acreditar nas graças Divinas: estavam tão preocupados com o que estava faltando, que nem repararam na proteção que receberam".

Lamentar aquilo que não temos é desperdiçar aquilo que já possuímos!
Devocional
Colaboração; Aninha Dantas.

Google+ Badge

RADIO AGRADECER


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...